Flamengo bate o Botafogo e decide título da Copa do Brasil com Cruzeiro

Diego marcou o gol da vitória do Flamengo contra o Botafogo. (Foto: Flamengo/Divulgação)
Diego marcou o gol da vitória do Flamengo contra o Botafogo. (Foto: Flamengo/Divulgação)

Com um golaço de Diego no segundo tempo, o Flamengo derrotou o Botafogo por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (23), no Maracanã, e está na final da Copa do Brasil 2017. O time rubro-negro vai decidir o título com o Cruzeiro, que venceu o Grêmio por 1 a 0 nos 90 minutos e eliminou o tricolor gaúcho na disputa de pênaltis.

O Cruzeiro passou pelo Grêmio na semifinal da Copa do Brasil, e enfrenta o Flamengo na final. Nos 90 minutos de um jogo bastante truncado, os mineiros devolveram o 1 a 0 da partida na Arena, em gol de Hudson no início do segundo tempo, e levaram às penalidades máximas. E aí ganhou a competência. Por 3 a 2, com Thiago Neves fechando a série, a Raposa garantiu a classificação e levou ao delírio mais de 55 mil torcedores no Mineirão.

O jogo começou bem diferente da primeira partida. O Botafogo, desta vez, procurou o ataque e o campo ficou aberto. Já o Flamengo, fiel ao seu estilo, procurou tocar a bola e esperar pela melhor oportunidade. Dúvida antes da partida, o atacante Guerrero se movimentava bastante na frente, dando opção aos meias. O primeiro chute do Flamengo foi apenas aos 10 minutos. Everton roubou a bola da zaga, deu para Willian Arão, que econtrou Diego. o camisa 35 chutou bem, mas a bola foi direto nas mãos de Gatito. Aos 13, Guerrero teve sua primeira chance. Girou na meia lua da grande área e bateu no canto, forçando Gatito a mais uma defesa.

Passado o ímpeto inicial do Botafogo, o Flamengo botou a bola no chão e começou a encontrar as oportunidades. Guerrero e Berrio tiveram boas chances, enquanto o adversário tinha dificuldade de criar jogadas. O alvingero teve uma chance aos 2 minutos e outra apenas aos 43 e viu a bola rondar sua área durante boa parte do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Flamengo tocava, procurava espaços e mandava no jogo, mas não conseguia entrar na área, enquanto o Botafogo deixava o tempo passar para segurar o 0 a 0. Foi quando o talento de Berrío apareceu, fez uma fantástica jogada pela direita e tocou no meio para Diego fuzilar o gol alvinegro e abrir o marcador, aos 25. Na sequência do lance, o colombiano se machucou e Rueda colocou o jovem Vinicius Junior em campo.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + 3 =