Geddel se recusa a desbloquear celular com digital; PF insiste.

Geddel deus duas senhas que não permitiram o acesso ao seu celular apreendido.
Geddel deus duas senhas que não permitiram o acesso ao seu celular apreendido.

O ex-ministro Geddel Vieira Lima, agora réu por obstrução da Justiça segundo decisão do juiz Vallisney Oliveira nesta terça-feira (22), se recusou a ajudar a Polícia Federal no acesso ao conteúdo de um celular apreendido.

Ao ser interrogado pelos agentes federais, Geddel foi informado de que as duas senhas fornecidas por ele para desbloquear o equipamento não funcionaram.

O ex-ministro disse que estava com dificuldade de se recordar da sequência porque costumava usar a digital para destravar o aparelho. A PF pediu a ele que usasse a digital. Geddel se recusou alegando estratégia da defesa.(Época Negócios/Marcelo Rocha)

Notícias Relacionadas