Luciano Huck se inspira em Emmanuel Macron

Cogitado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso como um nome “novo” para o cenário político, Luciano Huck participou na semana passada de um evento da Fundação Estudar, mantida pelo empresário Jorge Paulo Lemann.

Huck estava particularmente bem informado sobre as condições que elegeram Emmanuel Macron na França. (Foto: TV Globo/Divulgação)
Huck estava particularmente bem informado sobre as condições que elegeram Emmanuel Macron na França. (Foto: TV Globo/Divulgação)

Nos bastidores, o apresentador surpreendeu seus interlocutores pela desenvoltura com que falava sobre o assunto.

Huck estava particularmente bem informado sobre as condições que elegeram Emmanuel Macron na França, chegando a sugerir que o Brasil adotasse um cronograma eleitoral semelhante ao francês.

Por lá, o presidente é escolhido antes, num pleito à parte. Uma semana depois, os eleitores votam nos parlamentares. Foi assim que, mesmo sendo independente, Macron conseguiu maioria no Congresso.

“Poderíamos deixar somente a escolha de presidente e governadores no primeiro turno. No segundo turno, entrariam os parlamentares e os dois candidatos ao executivo. Com isso, teríamos ao menos um Congresso mais afinado com as duas forças que se enfrentariam”, disse Huck. A ideia foi muito bem recebida nos bastidores do evento.

Fonte: Veja.com/Maurício Lima

Notícias Relacionadas