“Tem gestor que faz e tem quem só reclama”, provoca Aleluia sobre ônibus-metrô

Deputado José Carlos Aleluia (Foto: Divulgação)
Deputado José Carlos Aleluia (Foto: Divulgação)
“Enquanto o lado de lá politiza, cria caso e incita a violência, a gestão de ACM Neto dá mais uma vez uma lição de respeito à coisa pública. Resolvemos o impasse da integração Ônibus/Metrô e ninguém precisou ir bradar nem chorar pitangas na imprensa”, provocou o presidente do Democratas, deputado federal José Carlos Aleluia.

Aleluia se refere ao anúncio feito nesta quarta-feira (09/08) de que a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) vai assumir a integração plena entre o metrô e todas as linhas de ônibus com tarifa única para a população. “O Governo do Estado concebeu um modelo de metrô que não tem demanda própria e precisa ser complementado pela frota de ônibus. Em vez de apontar o dedo para esse grave problema, o prefeito ACM Neto preferiu resolver. Tem gestor que faz e tem governador que só reclama”, resumiu.

ACM Neto explicou que a integração será de 100% dos ônibus com o metrô e ficará dividida em quatro fases. Na primeira, que já começa nesta quinta, os bairros de Alto do Peru, Bom Juá, Sussuarana, Capelinha, Mata Escura, Stiep, Marback, Matatu e Luis Anselmo serão atendidos. Ao todo 40% do valor da integração vai para ônibus e o restante fica com a concessionária CCR Metrô Bahia. Não haverá aumento na passagem do ônibus.

Notícias Relacionadas