Posto de combustíveis fazem protesto na Bahia contra aumento de impostos

As vendas já apresentam queda e e os postos estimam mais prejuízos.
As vendas já apresentam queda e e os postos estimam mais prejuízos.

Os postos de combustíveis na Bahia e de outros Estados do país vão funcionar, amanhã (1º), com faixas pretas em protesto ao aumento do governo nas alíquotas do PIS/Cofins, ICMS e Cide sobre os combustíveis.

A manifestação é organizada, na Bahia, pelo Sindicato do Comércio de Combustíveis, Energia Alternativa e Lojas de Conveniência do Estado da Bahia (Sindicombustíveis Bahia).

O presidente do Sindicombustíveis Bahia, José Augusto Costa, declara que toda a sociedade e também os empresários são penalizados com o aumento dos tributos.

“Na atual conjuntura econômica de recessão, as vendas já apresentam queda e teremos mais prejuízos. Precisamos continuar lutando para manter o negócio e atrair o consumidor. Vamos pagar caro por mais essa crise que maltrata a todos”, comenta.

Com dificuldades em recuperar a arrecadação, A decisão do o governo federal em aumentar tributos para arrecadar R$ 10,4 bilhões e cumprir a meta fiscal de déficit primário de R$ 139 bilhões foi anunciada no último dia 20 de julho. O Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre a gasolina, o diesel e o etanol sobem para ”compensar as dificuldades fiscais”, segundo o governo.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × três =