ACM Neto: “Se for convocado pelos baianos, servirei à terra que eu amo”

Vinte e oito prefeitos, deputados federais e estaduais participaram  do evento com ACM Neto em Jacobina.
Vinte e oito prefeitos, deputados federais e estaduais participaram do evento com ACM Neto em Jacobina.

O prefeito de Salvador, ACM Neto, afirmou que não se furtará a servir à Bahia se for convocado para disputar o governo do Estado em 2018. A afirmação foi feita ao participar de um encontro do Democratas realizado na noite desta sexta-feira (28), em Jacobina, para marcar os 137 anos de emancipação política da cidade. O encontro reuniu prefeitos, vereadores e lideranças políticas de toda a região.

“Tenham certeza: se eu for convocado pelos baianos, como fui convocado pelo povo de Salvador para governar a minha cidade – a capital de todos os baianos, para resgatar a sua autoestima – da mesma forma, eu não me furtarei a servir à terra que eu amo e ao povo que está no meu coração”, disse ACM Neto..

Ainda na oportunidade, ACM Neto visitou o Centro de Convivência de Idosos de Jacobina, considerado uma referência estadual em política pública para a terceira idade.

“Nós não estamos aqui em campanha, nem mesmo em pré-campanha. Eu compreendo aqui o ânimo dos nossos parceiros e amigos que já falam em candidatura, mas é preciso ter este cuidado. Agora, eu sou um agente político, eu tenho lado e o meu lado está aqui”, completou ACM Neto, que agradeceu a presença e a maturidade política do ex-prefeito de Jacobina, Rui Matos Macedo por comparecer ao encontro organizado por Luciano da Locar, seu adversário político.

Representações políticas de mais de 40 municípios e lideranças do grupo político liderado pelo prefeito da capital baiana se fizeram presentes ao evento.

Estiveram presentes o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo; os deputados federais Paulo Azi, Elmar Nascimento e Lúcio Vieira Lima; o diretor-presidente do FNDE Sílvio Pinheiro; os deputados estaduais Leur Lomanto, Adolfo Viana, Augusto Castro, Tom, Pedro Tavares, Carlos Geilson, Alan Sanches e Luciano Simões Filho; o vice-prefeito de Salvador Bruno Reis; o chefe de gabinete da Prefeitura de Salvador, João Roma; o presidente da Câmara de Salvador, Léo Prates, e os vereadores Kiki Bispo e Tiago Correia, dentre outras autoridades.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × dois =