Série B do Brasileirão: Internacional sofre nova derrota e se complica.

O Internacional foi derrotado por 2 a 1 pelo Vila Nova neste sábado (22), no Serra Dourada, em jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O time colorado largou atrás na etapa final, igualou o placar com um gol de pênalti de William Pottker, mas sofreu o segundo gol no final da partida.

Colorado foi batido pelo Vila Nova no Serra Dourada (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)
Colorado foi batido pelo Vila Nova no Serra Dourada (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)

O Inter agora terá dois jogos seguidos no Beira-Rio para buscar a reabilitação: diante do Oeste-SP, na próxima terça (ingressos estão à venda), e contra o Goiás, no dia 1º de agosto.

Disputado com os portões fechados, ou seja, sem a presença de torcedores no Serra Dourada em virtude de punição imposta ao clube goaiano, o primeiro tempo foi de intensa luta pela bola. A forte marcação imposta por ambas as equipes tornou escassos os espaços em campo e raras foram as conclusões em gol.

Aos 10min, a bola foi alçada na área e Felipe Gutiérrez desviou de cabeça na tentativa de encobrir, mas a bola acabou saindo. Aos 14min, Alan Mineiro disparou o chute de longa distância e Danilo Fernandes fez a defesa em dois tempos, com tranquilidade. Aos 18min, Diego invadiu a área e, quando ía concluir, foi bloqueado pela defesa. Na sequência, a bola tocou na mão do zagueiro, mas o árbitro não marcou a penalidade máxima. O Vila Nova respondeu no lance seguinte, em chute de Moisés que desviou na zaga e foi defendido por Danilo, na sequência.

A etapa final começou equilibrada. Porém, aos 13min, Alípio abriu o placar para os donos da casa. Ato contínuo, Eduardo Sasha e Nico López entraram nos lugares de D’Alessandro e Diego. Pouco depois, o volante Juan ingressou na vaga de Felipe Gutiérrez.

Aos 24min, Sasha fez boa jogada, Uendel cruzou e, na tentativa de fazer o corte no interior da área, Mateus colocou a mão na bola. Pênalti marcado! William Pottker bateu no canto direito e converteu. 1 a 1. Foi o quinto gol do atacante com a camisa colorada. O Inter teve boa chance de virar aos 41min, em chute de fora da área de Juan que passou muito perto da trave esquerda.

Aos 45min, em rápido contra-ataque, Mateus invadiu a área e chutou na saída de Danilo Fernandes para fazer 2 a 1. Não havia mais tempo para evitar a derrota fora de casa.

Ficha técnica:

Vila Nova-GO (2): Luís Carlos; Maguinho, Alemão, Wesley Matos e Gastón; PH (Claudinei), Geovane, Mateus e Alan Mineiro; Alípio (Mateus Muller) e Moisés (Tiago Adan). Técnico: Hemerson Maria.

Internacional (1): Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Danilo Silva, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Fabinho, Felipe Gutiérrez (Juan) e D’Alessandro (Eduardo Sasha); Nico López (Diego) e William Pottker. Técnico Guto Ferreira.

Gols: Alípio (V), aos 13min do segundo tempo, William Pottker (I), de pênalti, aos 25min do segundo tempo, Mateus (V), aos 45min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Víctor Cuesta, Cláudio Winck, Rodrigo Dourado, Joanderson (I); Geovane, Gastón (V). Expulsão: Geovane (V).

Arbitragem: Vinicius Furlan, auxiliado por Vitor Carmona Metestaine e Bruno Salgado Rizo (trio de São Paulo).

Local: Serra Dourada, em Goiânia.

Notícias Relacionadas