Vitória perde terceira seguida e crise se agrava; Presidente pede licença.

O Grêmio não encontrou qualquer dificuldade para bater o Vitória no Barradão, na noite desta quarta-feira (19), e, com isso, chegar ao terceiro triunfo seguido no Campeonato Brasileiro. Em crise, o Vitória sofre a terceira derrota consecutiva e segue na zona do rebaixamento.

O Vitória segue afundado na penúltima posição na tabela, com 12 pontos conquistados em 15 jogos.
O Vitória segue afundado na penúltima posição na tabela, com 12 pontos conquistados em 15 jogos.

Após a partida, o presidente do Vitória, Ivan de Almeida, pediu licença por 90 dias. Agenor Gordilho, vice-presidente, que havia pedido afastamento, agora assume a presidência do clube. O pedido de afastamento do presidente acontece no momento mais crítico do futebol e da política do Vitória neste ano. Na Série A, o Leão ocupa a 19ª colocação com apenas 12 pontos conquistados. Fora de campo, a oposição tem feito pressão para que Ivã de Almeida deixe o cargo e sejam convocadas eleições diretas.

O Jogo – Fria e precisa nas finalizações, o Grêmio soube marcar seus gols. Destaque da partida, o atacante Fernandinho marcou uma vez, de falta, e deu uma assistência para o gol de Arthur. Ramiro também marcou para os visitantes, e David descontou para o Vitória.

O marcador foi aberto por Fernandinho, logo aos 8 minutos, em cobrança de falta; o atacante mandou no canto esquerdo de Fernando Miguel. O segundo gol chegou aos 43 minutos, resultado de mais uma grande jogada coletiva; Maicon acionou Pedro Rocha, que serviu Fernandinho – o atacante deu o passe dentro da área para Arthur, que mandou na saída do goleiro.

Já no segundo tempo, o Vitória conseguiu descontar aos 12’, com David. Mas não demorou muito e os gremistas responderam a altura. Aos 17 minutos, Everton fez boa jogada individual e rolou para Ramiro, que dominou e mandou uma bomba, sem nenhuma chance de defesa do arqueiro adversário.

Notícias Relacionadas