Primeira edição do projeto “Arte no Cidade” reúne artistas no Shopping da Cidade

Elano Passos, Sayuri Miura, Alexandre Feliciano e André Fernandes.
Elano Passos, Sayuri Miura, Alexandre Feliciano e André Fernandes.

O Shopping da Cidade realiza a primeira edição do projeto “Arte no Cidade”, com a exposição “Bahia em 4 Estilos”, onde quatro artistas de diferentes universos se encontram para retratar uma Bahia plural e suas belezas. Utilizando como ferramentas pincel, nanquim, papel e a fotografia, Elano Passos, André Fernandes, Alexandre Feliciano e Sayuri Miura apresentam seus trabalhos no evento aberto ao público, que acontece de 20 a 29 de julho, no Shopping Cidade, localizado em frente ao Parque da Cidade, no Itaigara, em Salvador.

O evento é uma parceria do Shopping Cidade com a Moldura Minuto e tem como vitrine, as obras de Elano Passos com obras exclusivas sobre o sincretismo religioso, festas populares e o cotidiano da cidade com o nanquim. André Fernandes, fará um recorte fotográfico que retrata aspectos da cultura baiana, como arquitetura, a relação com o mar e com o povo.

Já Alexandre Feliciano utiliza as cores vivas em suas pinturas valorizando os cenários típicos da região e Sayuri Miura criou para a exposição o tema “Bahia de Todos os Santos e Flores do Sertão Baiano”, que apresenta através do origami, a miscigenação religiosa na cultura baiana e a delicadeza e beleza das flores do Sertão.

As peças expostas estarão à venda e a retirada será após o término da exposição. De acordo com a organização do evento, cada artista vai expor entre 10 a 20 obras, algumas delas produzidas exclusivamente para a exposição e outras, dos seus acervos.

Para o artista Elano Passos, essa é uma exposição especial por estar entre amigos apresentando a Bahia através de técnicas diferentes. “A expectativa de um evento que reúne amigos é sempre grande, a energia é muito positiva e a entrega pela arte maior ainda. Apresentar à sociedade técnicas diferentes, com visões artísticas peculiares transforma a exposição em especial. Trata-se de vivências e olhares de cada um de nós sobre a Bahia como um todo, ou recortes temáticos. Da fotografia à pintura, do origami ao nanquim, são todas artes complementares e harmônicas conceitualmente. Reforço o grande apoio e incentivo do Shopping à arte, além de construir uma referência na região”, destaca.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − dois =