Flamengo vence Vasco em São Januário e dorme em segundo no Brasileirão

 Com o resultado no clássico  válido pela 12ª rodada, o Flamengo consegue a quarta vitória seguida no Campeonato Brasileiro, subindo para os 23 pontos, e dorme na segunda posição.  (Foto: Flamengo/Divulgação)
Com o resultado no clássico válido pela 12ª rodada, o Flamengo consegue a quarta vitória seguida no Campeonato Brasileiro, subindo para os 23 pontos, e dorme na segunda posição. (Foto: Flamengo/Divulgação)

Com gol de Éverton Ribeiro, de cabeça, o Flamengo venceu o Vasco por 1 a 0 neste sábado (8), em São Januário. Com o resultado no duelo válido pela 12ª rodada, o time rubro-negro consegue a quarta vitória seguida no Campeonato Brasileiro, subindo para os 23 pontos, e dorme na segunda posição. O Grêmio, com 22, enfrenta o Avaí em casa neste domingo. Já o Vasco permanece com 16.

No fim da partida, cenas lamentáveis aconteceram na torcida do Vasco. Tentativa de invasão de campo, confronto com policiais militares, muitos objetos arremessados no gramado, bombas explodindo em meio a torcedores comuns e vendedores ambulantes.

Com rivalidade de sobra, o clássico começou truncado – muita marcação, muitas faltas e poucas chances claras de gol nos primeiros minutos. O Flamengo apostava na qualidade de seus jogadores e investia no toque de bola para buscar espaços na defesa cruzmaltina, mas foi na bola parada que o time chegou com perigo, aos oito minutos, em bola alçada na área por Diego; Rhodolfo se esticou todo na tentativa do peixinho, mas não alcançou. O zagueiro não ficaria até o final – sentiu dores e foi substituído pelo jovem Léo Duarte já aos 20 minutos.

Na segunda metade da primeira etapa, o jogo ficou mais aberto, com o Rubro-Negro tendo domínio de posse de bola – 57% nos 49 minutos do primeiro tempo – e das ações ofensivas da partida. Diego participou da segunda oportunidade do Fla de abrir o placar, aos 22, mas, dessa vez, como protagonista. Rodinei e Everton Ribeiro se entenderam na tabelinha pela direita e o camisa 7 cruzou para o 35 girar bonito e finalizar, mas a bola explodiu na zaga. Na sequência, foi Everton Ribeiro, livre, o alvo de um belo passe em profundidade de Guerrero – que, como de costume, procurava bastante o jogo fora da área -, mas o marcador adversário tirou em cima do laço. Aos 37, aproveitando erro de Bruno Paulista, o peruano arriscou de longe e deu trabalho para o goleiro Martin Silva. O Flamengo seguiu pressionando e descolou dois escanteios nos últimos instantes do primeiro tempo, mas o placar permaneceu inalterado.

O duelo recomeçou com escanteio para o Vasco, mas sem perigo à meta do Flamengo. Na sequência, de frente para o setor onde estava a torcida do Flamengo, Guerrero respondeu: gingou na esquerda da grande área, passou bonito pelo marcador e cruzou; Martin Silva espalmou, mas nenhum rubro-negro chegou na bola. Mas esse foi um dos últimos lances do peruano na partida: depois de dois choques na cabeça, o atacante saiu com um grande inchaço próximo à nuca e deu lugar a Leandro Damião.

O Flamengo abriu o placar aos 17 minutos, em jogada dos dois destaques da equipe no jogo. O garçom Everton Ribeiro fez por merecer uma gorda gorjeta do “cliente” xará: aplicou linda finta em giro sobre o marcador e cruzou com açúcar para Everton cabecear como manda o figurino e balançar a rede em São Januário: 1 a 0.

Pouco depois do gol, Thiago salvou ao defender voleio perigoso de Luis Fabiano e manteve o Rubro-Negro à frente no placar – que quase foi ampliado por Everton Ribeiro. Antes garçom, o camisa 7 teve a chance de ampliar ao receber de bandeja pelo calcanhar de Damião dentro da área, mas a defesa adversária chegou na dividida.

Notícias Relacionadas