Vitória domina o Bahia, mas não consegue o gol e segue na zona da degola

O Vitória dominou completamente o rival, criou e perdeu chances de gol, mas não saiu do empate. (Foto: EC Vitória/Divulgação)
O Vitória dominou completamente o rival, criou e perdeu chances de gol, mas não saiu do empate. (Foto: EC Vitória/Divulgação)

O Vitória dominou completamente os 90 minutos do jogo, mas esbarrou na retranca do rival Bahia, no Barradão, e não conseguiu vencer o clássico Ba-Vi, que acabou em 0 a 0. Na verdade, somente o time rubro-negro buscou o resultado, fez uma boa partida, com a equipe tricolor segurando como pôde e conseguiu o que queria: um empate sem gols, válido pelo Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Vitória, com nove pontos, segue em 18º, na zona de rebaixamento. Já o Bahia deixou a zona de degola e subiu para a 16ª posição.

O Vitória começou o jogo frenético, buscando o resultado desde o primeiro minuto de jogo. Logo aos 5 minutos, Kieza quase marca e, no rebote, Yago também ficou no quase. A blitz continuou, com grandes chances de Kanu e André Lima, ambos de cabeça. Aos 19 minutos, uma baixa sentida. Kieza tomou um tombo e caiu. Com fortes dores no ombro, saiu de campo e foi direto para o hospital. O camisa 9 sofreu uma luxação acromoclavicular no local e terá que ser submetido a cirurgia. A previsão de recuperação é de até três meses.

Sem o artilheiro, Alexandre Gallo colocou David e o time continuou pra frente, enquanto o rival apenas se defendia, em tarde inspirada de seu goleiro. David, André Lima e Kanu chegaram perto do gol, mas a bola insistia em não entrar. Na segunda etapa, a mesma coisa. Porém, com uma exibição em franca evolução, os atletas lamentaram o empate, mas garantem que a situação será invertida.

“Nós buscamos, desde a minha chegada, um melhor 90 minutos. Só vamos sair dessa situação mantendo a atuação durante os 90 minutos. Hoje, fomos melhores, o time estava muito atento na marcação, a linha defensiva bem alta. Com todo respeito, hoje, dava para ganhar até de 2 a 0. Hoje, a gente sai frustrado por não ter vencido, mas muito satisfeito pelo que foi apresentado. O controle do jogo foi todo nosso. Infelizmente, a bola não entrou, mas se a gente continuar martelando do jeito que foi hoje, fatalmente, nós venceremos”, comentou o técnico Alexandre Gallo, após o duelo.

Vitória: Fernando Miguel, Patric, Kanu, Ramon e Geferson; Willian Farias, Yago, Cleiton Xavier (Neilton) e Carlos Eduardo(Gabriel Xavier); Kieza (David) e André Lima. Técnico: Alexandre Gallo.

Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Éder e Armero; Renê Júnior, Matheus Sales e Régis (Vinícius); Allione (Douglas), Zé Rafael (Juninho) e Mendoza. Técnico: Jorginho

FICHA TÉCNICA
Vitória 0x0 Bahia (Série A – 11ª rodada)
Local: Barradão, em Salvador
Data: 02/07/2017
Árbitro: Raphael Clauss, auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacillotti (trio paulista)
Cartões amarelos: André Lim, Kanu, Willan Farias, Geferson (suspenso) e Patric

Notícias Relacionadas