São Paulo perde para o Flamengo e entra na zona do rebaixamento

Assim como nas outras partidas na Ilha do Urubu, o Flamengo pressionou e tentou criar jogadas perigosas desde o início. da partida. (Foto: Flamengo/Divulgação)
Assim como nas outras partidas na Ilha do Urubu, o Flamengo pressionou e tentou criar jogadas perigosas desde o início. da partida. (Foto: Flamengo/Divulgação)

Agência FPF

Atuando no Estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro, o São Paulo tentou de todas as maneiras, mas não conseguiu evitar a derrota para o Flamengo na tarde deste domingo. Apesar da grande vontade e guerra, principalmente na segunda etapa quando Rogério Ceni soltou mais o time, a equipe do Morumbi viu a representação carioca ser mais efetiva ao fazer 2 a 0, em duelo válido pela 11ª rodada do Brasileirão.

Com o resultado negativo, a equipe do Morumbi acabou caindo uma posição e no momento ocupa a 17ª, com 11 pontos. Já os cariocas, recuperaram a 3ª colocação do Palmeiras, chegando aos 20 pontos, nove a menos que o líder Corinthians, que bateu o Botafogo, por 1 a 0.

Surpreendentemente, o São Paulo não começou o jogo atrás. Nos primeiros 15 minutos o time paulista conseguiu igualar as ações com o Flamengo, tendo permanecido, inclusive, mais tempo com a bola no pé. Entretanto, sempre que atacava, a equipe carioca demonstrava melhor qualidade e maior tranquilidade.

A primeira boa chegada veio de uma tabela gringa, entre Guerrero e Trauco. O centroavante peruano dominou de costas e rolou para o lateral-esquerdo que, de fora da área bateu firme. A bola saiu cruzada e foi para a linha de fundo.

A partida começou a esquentar aos 17 minutos, quando após cometer falta, Guerrero encarou o estreante Petros. Porém, os ânimos logo foram acalmados com auxílio dos outros jogadores e da arbitragem.

Duas das maiores estrelas do recheado elenco do Flamengo, Guerrero e Diego acabaram decidindo no primeiro tempo, colocando a representação carioca em vantagem. Aos 37, o peruano sofreu e converteu falta feita por Petros. Com categoria, o peruano mandou a bola no ângulo de Renan Ribeiro que nada pode fazer. Um belo gol.

Aos 41, o Flamengo ampliou em uma grande triangulação. Guerrero segurou a bola na entrada da área e esperou a penetração de Everton Ribeiro, que ainda passou por Araruna antes de levantar para Diego. O meia bateu firme para fazer 2 a 0.

Pressionado pelo momento e pelo resultado contrário na partida, o São Paulo voltou com outra atitude para a etapa complementar. Os paulistas trocavam mais rapidamente os passes, procurando ser mais incisivos. Contudo, o Flamengo continuava agudo no ataque. Aos 10, Diego fez lançamento longo para Everton Ribeiro, mas Renan Ribeiro foi arrojado ao sair fora da área para interceptar de cabeça.

Dois minutos depois, os cariocas desceram em rápido contra-ataque e só não ampliaram devido à outra boa intervenção do goleiro. Pará tocou em Diego, que passou para Everton Ribeiro que rolou de forma ‘açucarada’ para o seu xará. Everton bateu firme da entrada da área, porém Renan Ribeiro tirou para escanteio.

O jogou ficou franco e no lá e cá, quase a bola terminou no fundo das redes em duas oportunidades que arrancaram suspiros dos torcedores. Aos 20, Diego bateu firme de fora da área, Renan Ribeiro fez grande defesa. No rebote, Guerrero tentou por duas vezes, mas a bola acabou nas mãos do goleiro. Um minuto depois, Cueva recebe na direita, de dentro da área e bate cruzado, Revér ‘voa’ e de carrinho tira a bola. A partida continuou em ritmo alucinante, mas o placar não sofreu mais alterações.

Ambos os times voltam a campo no próximo final de semana, para confrontos válidos pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. No sábado (8), o Flamengo faz o clássico contra o Vasco fora de casa, às 18h, em São Januário, no Rio de Janeiro. Já o São Paulo encara o Santos no domingo (9), no tradicional Sansão, às 19h, na Vila Belmiro, em Santos.

Notícias Relacionadas