Planalto apressa tramitação para ‘matar denúncia’

CLÁUDIO HUMBERTO

O Planalto confirmou a estratégia de apressar na Câmara a tramitação da denúncia da Procuradoria Geral da República, a fim de “matar” o assunto o quanto antes. A denúncia chegou na Câmara pela manhã, à tarde já era votada e o presidente Michel Temer notificado. Ele planeja apresentar sua defesa muito antes do prazo de dez sessões plenárias. A estratégia do governo foi antecipada terça-feira (27) nesta coluna.

Temer  planeja apresentar sua defesa na Câmara muito antes do prazo de dez sessões plenárias. (Foto: Agência Câmara).
Temer planeja apresentar sua defesa na Câmara muito antes do prazo de dez sessões plenárias. (Foto: Agência Câmara).

RUIM PARA TODOS
Apressar a tramitação da denúncia é decisão do próprio Temer. Para ele, prolongar seria ruim para o País, o governo e para sua família.

#TAMOJUNTO
Ao receber a denúncia e ordenar sua leitura imediata no plenário, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, mostrou sua lealdade a Temer.

QUANTO MAIS CEDO…
A tramitação vapt-vupt fortalece a chance da base de apoio ao governo Temer de rejeitar a denúncia de Rodrigo Janot.

NA BATALHA
“Animal político por excelência”, na definição de um ministro, Michel Temer dedica agora cada minuto do dia a articular sua sobrevivência. (Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais)

Notícias Relacionadas