Série B: Juventude bate o Goiás por 3 a 0 e retoma liderança.

O Juventude não teve muito trabalho para superar o Goiás e retomou a ponta da Série B (Foto: Juventude/Divulgação)
O Juventude não teve muito trabalho para superar o Goiás e retomou a ponta da Série B (Foto: Arthur Dallegrave/Juventude/Divulgação)

O Juventude bateu o Goiás por 3×0, na noite desta terça-feira (27), na abertura da 11ª Rodada do Campeonato Brasileiro, Série B, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias. Wallacer, Tiago Marques e Diego Felipe balançaram as redes. Com o triunfo em casa, o Juventude retoma o primeiro posto da competição, com 22 pontos, e agora torce contra o Guarani, que joga no sábado contra o ABC, fora de casa, e pode ultrapassá-lo. O Bugre, aliás, é o próximo adversário dos gaúchos, no dia 8, em Caxias. Já o Goiás despenca mais um pouco na tabela após frequentar o G-4. Agora é o 10º, com 14 pontos. No dia 7, recebe o Luverdense, no Serra Dourada.

O técnico Gilmar Dal Pozzo escalou a equipe com Matheus, Tinga, Micael, Ruan e Collaço; Fahel, Lucas (Diego Felipe) e Wallacer; Juninho (Wanderson), Ramon (Wesley Natã) e Tiago Marques. A partida iniciou-se bastante igual, com ambas as equipes propondo o jogo e buscando o ataque.

Aos doze minutos, Wallacer cobrou falta na área com muito perigo, mas o goleiro adversário conseguiu afastar. Aos 19, Tiago Luís tentou surpreender o goleiro alviverde com um chute de fora. Tinga se colocou na frente e desviou a finalização. Dez minutos depois, Tiago Marques fez ótima jogada pela direita e cruzou para Ramon. Na hora da finalização, a marcação conseguiu afastar. No ataque seguinte, Lucas fez uma bela inversão para Juninho, que cruzou para Marques. O atacante alviverde arriscou um voleio, e a bola foi para fora.

Aproximando-se do final da primeira etapa, Ju foi para o ataque e abriu o placar. Aos 35, Tinga cruzou na área e o zagueiro adversário se enrolou com o goleiro. A bola sobrou para Wallacer, com calma, desviar para o fundo da meta. 1×0. Três minutos depois, Wallacer cobrou falta na área e Ramon desviou, de cabeça, por cima do gol. Aos 41, Fahel lançou Ramon nas costas da defesa adversária, mas o atacante não conseguiu o domínio e o goleiro fez a defesa. No último lance do primeiro tempo, o segundo gol. Tiago Marques foi lançado, ganhou do zagueiro na velocidade e contou com uma falha do goleiro para balançar as redes. 2×0.

Nenhuma das equipes realizou alterações para a segunda etapa. Aos 6, numa triangulação entre Lucas, Wallacer e Ramon, o primeiro finalizou de fora para ótima defesa do goleiro. Dez minutos depois, Ramon arriscou de longe, por cima do gol. Aos 19, Collaço cruzou e a bola sobrou para Wallacer, que finalizou colocado, para fora. Aos 24, o Goiás respondeu com Carlos Eduardo, em chute cruzado, com perigo. Aos 33, Wesley Natã recebeu de Tiago Marques e cruzou. A bola respingou e sobrou para Juninho que, de voleio, obrigou mais uma defesa do goleiro.

Na reta final, o Juventude não abdicou de atacar e ampliou com a ajuda de quem veio do banco. Wesley Natã recebeu de Diego Felipe e devolveu com categoria, de calcanhar. O volante finalizou de primeira, com muita força, no ângulo, sem chances para o goleiro. Um golaço. 3×0.

Notícias Relacionadas