Guto Ferreira aceita proposta do Internacional e larga o Bahia

Confirmando o que o JORNAL DA MÍDIA tinha antecipado desde a manhã de segunda-feira (29), o técnico Guto Ferreira preferiu a proposta de dirigir o Internacional e deixou o comando do Esporte Clube Bahia. Desde domingo, mesmo antes do jogo em que o tricolor baiano perdeu para o Botafogo por 1 a 0, no Enegenhão, Guto já tinha acertado com a direção do Inter, mas negou até quando pôde que não tinha sido sequer consultado sobre a possibilidade de deixar Salvador e se transferir para a fria Porto Alegre.

No Bahia, Guto Gordiola obteve 31 vitórias, 15 empates e 11 derrotas, um aproveitamento de 63,1%. Conquistou a Copa do Nordeste em cima do Sport, e perdeu o Campeonato Baiano para o rival Vitória. (Foto: EC Bahia/Divulgação)
No Bahia, Guto Gordiola obteve 31 vitórias, 15 empates e 11 derrotas, um aproveitamento de 63,1%. Conquistou a Copa do Nordeste em cima do Sport, e perdeu o Campeonato Baiano para o rival Vitória. (Foto: EC Bahia/Divulgação)

Derrotada, a direção do Bahia emitiu no final da tarde desta terça-feira (30) uma nota oficial para comunicar a decisão do treinador, que substituirá Antônio Carlos Zago, demitido após a derrota do Inter para o Paysandu, sábado, em Belém.

Ao Bahia só cabe agora aguardar o pagamento da multa contratual, em torno de R$ 600 mil, para oficializar a saída de Guto e da comissão técnica, composta pelos auxiliares Alexandre Faganello e André Luiz; o preparador físico Valdir Júnior e o coach Gustavo Evangelista. O auxiliar-técnico Preto Casagrande assume interinamente a equipe baiana até a contratação de um novo treinador.

Guto foi anunciado pelo Bahia no dia 24 de junho do ano passado e fez 57 jogos à frente da equipe. Foram 31 vitórias, 15 empates e 11 derrotas, um aproveitamento de 63,1%. Além de conquistar o acesso para a Série A na temporada passada, levantou a taça da Copa do Nordeste na última semana. Mas perdeu o Campeonato Baiano para o rival Vitória.

Guto Ferreira, 51 anos, já dirigiu o time principal do Internaciona e até conquistou título. Foi campeão gaúcho em 2002, quando assumiu interinamente após a saída de Abel Braga e encerrou um jejum de cinco anos do clube no estadual. Na mesma temporada, comandou o time em cinco rodadas do Brasileirão.

Confira na íntegra a nota divulgada pelo Bahia:

“O Esporte Clube Bahia comunica que o técnico Guto Ferreira chegou a um acordo com o Internacional e que o clube gaúcho manifestou interesse em quitar a multa contratual do treinador.
O Esquadrão de Aço aguarda o pagamento do valor e a assinatura de documentos para encerrar o vínculo com Guto e a sua comissão, composta pelos auxiliares Alexandre Faganello e André Luiz; o preparador físico Valdir Júnior e o coach Gustavo Evangelista.
Na reapresentação do elenco, nesta quarta-feira (31), o grupo será dirigido interinamente pelo auxiliar Preto Casagrande”.

Notícias Relacionadas