Greve de ônibus em Salvador está marcada para esta terça-feira

Em audiência com o prefeito ACM Neto na manhã desta segunda-feira (22), a diretoria do Sindicato dos Rodoviárias entregou ao chefe do executivo municipal uma proposta salarial da categoria, que se aceita pode decretar o fim da greve de ônibus anunciada para esta terça-feira (23).

Às 12h40 de hoje, os empresários decidiram aumentar de 3% opara 4% a proposta de reajuste para a categoria.

Leia Agora: Rodoviários decidem suspender greve dos ônibus e aceitam proposta das empresas

A população de Salvador pode ficar sem transporte neste terça-feira. (Foto: Arquivo)
A população de Salvador pode ficar sem transporte neste terça-feira. (Foto: Arquivo)

Os Rodoviários defenderam na proposta 5% de aumento real nos salários, tíquete refeição de R$ 20, fim da dupla função de motorista – quando ele dirige e cobra passagem -, e manutenção do cargo de cobrador em todas as linhas e horários.

O Sindicato dos Rodoviários quer que o prefeito realize ações junto ao Seteps (sindicato patronal), que só aceita conceder 3% de reajuste. O presidente do sindicato, Hélio Ferreira, acredita que é possível chegar a um acordo. “Viemos pedir ao prefeito que tente flexibilizar essa proposta dos empresários, que estão muito duros. Não queremos a greve”, afirmou.

De acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), caso a greve aconteça por falta de um consenso entre empresários e trabalhadores, um esquema de transporte deve ser montado para atender à população. O anúncio, segundo o órgão, deve ser feito até o final do dia.

Notícias Relacionadas