Greve de ônibus em Salvador é suspensa; Rodoviários aceitam 5% de reajuste

Os rodoviários comemoraram  o reajuste de 5% no salário e no valor do ticket alimentação.
Os rodoviários comemoraram o reajuste de 5% no salário e no valor do ticket alimentação.

Em assembleia geral realizada no final da tarde desta segunda-feira (22), os rodoviários aceitaram a contraproposta dos empresários do transporte urbano de Salvador, que aumentaram de 4% para 5% o reajuste salarial da categoria.

O ticket alimentação também será reajustado em 5% no seu valor e o valor do plano de saúde foi congelado e a categoria ainda conseguiu reduzir a contrapartida de R$ 30 para o titular. Portanto, os rodoviários comemoraram as conquistas depois de vários dias de negociações.

Os rodoviários estavam em estado de greve há 11 dias e existia a expectativa de a greve ser mesmo decretada nesta terça-feira. Hoje pela manhã o prefeito de Salvador, ACM Neto, recebeu a diretoria do Sindicato dos Rodoviários e a partir daí fez ações junto aos empresários buscando um acordo entre as partes, o que acabou acontecendo.

“O bom senso prevaleceu. Os rodoviários entenderam que o país enfrenta dificuldades econômicas e os empresários, por sua vez, também cederam diante do apelo por melhorias aos trabalhadores. Quem ganhou com isso foi a cidade, pois evitamos uma greve que iria trazer ainda mais prejuízos aos soteropolitanos num momento em que Salvador não pode parar. Ficamos felizes em ter, mais uma vez, intermediado o acordo”, afirmou o prefeito.

Notícias Relacionadas