Atentado no Reino Unido deixa 20 mortos após show de Ariana Grande

Agência Brasil
com Agência EFE

A polícia do Reino Unido confirmou que pelo menos 20 pessoas morreram na explosão ocorrida nesta segunda-feira na Manchester Arena durante um show da cantora americana Ariana Grande. Testemunhas que assistiam na noite desta segunda-feira (22) ao show da cantora Ariana Grande na Manchester Arena, na Inglaterra, descreveram à imprensa local cenas de pânico após uma grande explosão que deixou cerca de 20 mortos, segundo as autoridades locais.

Testemunhas afirmaram ter escutado "um enorme barulho" ao final do show, por volta das 22h35 locais (18h35 no Brasil). Mais de 50 pessoas saíram feridas. (Foto: Imagem de TV)
Testemunhas afirmaram ter escutado “um enorme barulho” ao final do show, por volta das 22h35 locais (18h35 no Brasil). Mais de 50 pessoas saíram feridas. (Foto: Imagem de TV)

“Todo mundo estava gritando e correndo, o chão estava repleto de casacos e telefones celulares. As pessoas simplesmente jogavam tudo”, contou à rede de televisão “BBC” Robert Tempkin, de 22 anos. Majid Khan, de 22 anos, descreveu à agência de notícias Press Association que a explosão aconteceu logo após a última música apresentada pela cantora, quando o público começava a deixar a arena.

“Houve uma explosão, e todas as pessoas que estavam do outro lado do ginásio começaram a correr de repente porque tentavam sair para (a rua) Trinity Way”, afirmou. Essa saída “estava bloqueada, por isso todo mundo corria para encontrar qualquer saída o mais rápido possível”, acrescentou.

Outra testemunha contou que pouco depois que a cantora se despediu do público, “as luzes se acenderam, houve grandes estrondos e as pessoas começaram a correr e gritar”. “Entramos em um elevador para o andar de cima, para as saídas. Quando as portas se abriram, vi sangue no chão e duas pessoas feridas. Tinha sangue em todo o seu rosto”, disse.

Notícias Relacionadas