Greve de ônibus em Salvador está marcada para a próxima terça-feira

A categoria   está em campanha salarial e reivindica 5% de aumento real, tíquete refeição de R$ 20, fim da dupla função de motorista. (Foto: Reprodução/Facebook)
A categoria está em campanha salarial e reivindica 5% de aumento real, tíquete refeição de R$ 20, fim da dupla função de motorista. (Foto: Reprodução/Facebook)

O Sindicato dos Rodoviários de Salvador anunciou nesta quinta-feira (18) que a greve de ônibus em Salvador será deflagrada na próxima terça-feira (23). A decisão foi tomada pelos rodoviários em assembleia geral, que aconteceu no Sindicato dos Bancários, nos Aflitos.

”Decidimos que nenhum ônibus vai circular em Salvador a partir de 0h de terça-feira caso não haja uma mudança no posicionamento dos patrões. Se não houver acordo, a greve vai ser estendida para toda a Bahia”, afirmou o diretor de Imprensa do Sindicato dos Rodoviários, Daniel Mota.

Somente em Salvador são 13 mil rodoviários e em toda a Bahia, 18 mil trabalhadores. Apesar da decisão da assembleia, hoje, existe a possibilidade de a paralisação não acontecer já que há duas novas reuniões da direção do sindicato nesta sexta (19). Uma com o prefeito de Salvador, ACM Neto, e outra no Ministério do Trabalho e Emprego.

A categoria está reivindicando 5% de aumento real, tíquete refeição de R$ 20, fim da dupla função de motorista – quando ele dirige e cobra passagem -, e manutenção do cargo de cobrador em todas as linhas e horários.

Notícias Relacionadas