Cruzeiro estreia no Brasileirão 2017 com vitória frente o São Paulo

O São Paulo não conseguiu afastar a pressão após ser eliminado na Copa Sul-Americana. Neste domingo, jogando fora de casa, o time de Rogério Ceni caiu para o Cruzeiro por 1 a 0 dentro do Mineirão, em Belo Horizonte (MG), na primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O argentino Ramón Ábila marcou o único gol da partida no início do segundo tempo. Com a vitória, os mineiros conseguiram diminuir a desconfiança do torcedor.

O atacante argentino Ramón Abila, no segundo tempo, marcou o gol da Raposa (Foto: Washington Alves/Cruzeiro/Divulgação)
O atacante argentino Ramón Abila, no segundo tempo, marcou o gol da Raposa (Foto: Washington Alves/Cruzeiro/Divulgação)

Com um elenco em reformulação, o São Paulo já mandou a campo algumas mudanças no time principal. Rogério escalou o atacante Marcinho, recém contratado do São Bernardo, ao lado de Lucas Pratto no ataque. No meio, Éder Militão, volante promovido da base, assumiu a função para que Thiago Mendes pudesse atuar improvisado na lateral direita.

Assim como foram os outros dois combates entre os rivais nesta temporada, São Paulo e Cruzeiro fizeram um primeiro tempo com muitas oportunidades. Os paulistas tinham uma certa liberdade para trocar passes no campo de ataque, mas não conseguia se organizar nas brechas da marcação adversária. Já os mineiros abusavam das finalizações da intermediária, buscando surpreender Renan Ribeiro.

Mas a principal oportunidade do primeiro tempo só foi acontecer aos 32 minutos. Numa bola afastada pela defesa do Cruzeiro, o zagueiro Rodrigo Caio perdeu o tempo de bola e deixou ela sobrar com Ábila pela direita. O atacante conseguiu dominar em velocidade e saiu frente a frente com Renan Ribeiro, que só conseguiu afastar o perigo com a perna esquerda, levantando o torcedor mineiro nas arquibancadas.

Em resposta, aos 38, Marcinho conseguiu armar o contra ataque em um lançamento milimétrico para Lucas Pratto, que saiu em velocidade, mas foi desarmado. Ela voltou para o estreante do dia e ele teve a calma para levantar a cabeça e encontrar Cueva no segundo pau. O cruzamento caiu nos pés do peruano, que tinha tudo pra marcar, mas acabou acertando a trave do goleiro Fábio e viu ela sair pela linha de fundo.

Quando os dois times voltaram do intervalo, o Cruzeiro precisou de apenas dois minutos para estrear o placar. Depois de cortar a bola pela linha de lado, o zagueiro Maicon não acompanhou a marcação quando Henrique cobrou o lateral com agilidade. Ele deixou com Alisson, que esticou na frente e já cruzou rasteiro para Rámon Ábila. Com o adversário desmontado, o argentino apenas tocou no canto de Renan Ribeiro e abriu o marcador.

A partir daí o Cruzeiro armou um esquema de marcação intenso e o São Paulo teve muita dificuldade para encontrar novos espaços. Mano Menezes acertou o posicionamento dos defensores e obrigou o adversário a jogar pelas pontas, onde pecava nas trocas de passe. A saída foi buscar as bolas alçadas na grande área, novamente com a entrada de Gilberto no time titular, mas a dupla Léo e Dedé não deixaram o placar girar novamente.

O próximo compromisso do Cruzeiro é daqui uma semana, no próximo domingo, às 19 horas. O time mineiro viaja até o nordeste para enfrentar o Sport na Ilha do Retiro, em Recife, pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já o São Paulo recebe o Avaí na segunda-feira, dia 22, às 20 horas, no estádio do Morumbi, na capital paulista.

Notícias Relacionadas