Sul-Americana: Corinthians vence o Universidade do Chile e se classifica

Agência FPF

O Corinthians segue em grande fase. Três dias após conquistar o título do Paulistão Itaipava, o time de Fábio Carille venceu a Universidad do Chile, no estádio Nacional, de Santiago, por 2 a 1 pela partida de volta da primeira fase da Copa Sul-America, e garantiu a classificação.

Rodriguinho e Jadson marcaram os gols da vitória corintiana por 2 a 1 (Foto: FPF)
Rodriguinho e Jadson marcaram os gols da vitória corintiana por 2 a 1 (Foto: FPF)

Como na partida de ida, em São Paulo, o time brasileiro já tinha vencido por 2 a 0, até mesmo uma derrota serviria para a classificação, mas o Corinthians mostrou um bom futebol, se destacando novamente pela solidez defensiva e poder de contra-ataque.

O jogo começou movimentado. Enquanto o Universidad ficava mais com a bola e chegava com perigo, principalmente nas bolas paradas, o Corinthians também assustava nos contra-ataques e por pouco não abriu o placar em chute de fora da área de Jadson que parou na trave.

O time da casa seguia com mais volume de jogo, mas o Corinthians era mais perigoso e, aos 36 minutos, saiu na frente em linda jogada individual de Rodriguinho. O camisa 26 dominou bola estourada por Cássio, passou por dois marcadores e bateu cruzado vencendo o goleiro Jhonny Herrera.

Na segunda etapa, o Corinthians manteve a postura de atuar no contra-ataque e, aos dez minutos, chegou ao segundo gol em mais uma bela jogada. Jô tabelou com Rodriguinho, mas o meia foi travado na hora de finalizar. A bola sobrou para o próprio Jô que rolou para Jadson, completamente livre, tocar contra o gol vazio.

Nove minutos mais tarde, a Universidad ainda diminuiu com Mora, completando cruzamento de Beausejour de cabeça, após bela jogada com direito a caneta em Paulo Roberto, mas a vantagem corintiana era muito grande. Nos minutos finais, Reyes e Jara perderam a cabeça e foram expulsos e o time chileno deu adeus à competição com duas derrotas.

Notícias Relacionadas