Leur Lomanto Jr. diz que números da violência na Bahia são alarmante

O líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia, deputado estadual Leur Lomanto Jr. (PMDB), questionou os investimentos na pasta de Segurança Pública, propagados pelo governo do estado. “Como dobraram os investimentos se na capital e no interior a população parece viver em uma constante guerra civil?”, questionou.

Leur Lomanto Jr.: “A violência no interior é tão grave que nem os números o governo divulga”.
Leur Lomanto Jr.: “A violência no interior é tão grave que nem os números o governo divulga”.

Somente nos quatro primeiros meses desse ano ocorreram 751 homicídios em Salvador e Região Metropolitana. Em 2016 no mesmo período foram 692. O acréscimo de um ano para o outro foi de 8,53%. O cálculo apresentado pela Bancada de Oposição é baseado nos números retirados dos boletins da SSP.

“Esses números por si só mostram a crise na segurança em nosso estado. Só não vê quem não quer” lamentou o parlamentar, completando: “A violência no interior é tão grave que nem os números o governo divulga”, diz

Leur Lomanto Jr. cobrou um posicionamento do governo em relação à situação de violência no interior da Bahia. Ele lembrou que os relatos diários de violência que chegam aos deputados e que são na maioria das vezes ignorados pelo governo do estado. “Há uma total omissão em relação ao interior do estado. Se na capital e Região Metropolitana os boletins da Secretaria de Segurança deixaram há muito tempo de ser frequentes, no que se refere aos municípios do interior a situação é ainda pior. Essa realidade, infelizmente não está estampada e muito menos se há um combate”, criticou.

Segundo o líder da oposição, os ataques a bancos são constantes e crescem também os relatos de assaltos, homicídios e disputas por tráfico de drogas, em médias e pequenas cidades baianas. “Todos os dias temos notícias de ataques a caixas eletrônicos nos municípios, a exemplo do que aconteceu na última sexta-feira na cidade Ichu, região sisaleira. Essa é uma notícia que se repete todos os dias, enquanto o governador Rui Costa desfila pelo interior sem fazer nada”, declarou.

Notícias Relacionadas