”Marola de Lula” atinge embarcação da travessia de Mar Grande e ”assusta”

Uma pequena onda bateu na lateral de uma embarcação da travessia Salvador-Mar Grande por volta das 6h40 desta quarta-feira (3). Ao deixar o Terminal de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, às 6h30, o barco entrou, já fora do canal de navegação, em uma área de pouca profundidade e com o agito do mar a onda se formou e água molhou diversos passageiros. Tudo na verdade não passou de um susto e alguns passageiros chegaram a dizer que o incidente foi causado por uma “marolinha do Lula”.

Alguns passageiros se assustaram depois que a onda bateu do lado da embarcações e molhou muitos deles. (Foto: Arquivo/JM)
Alguns passageiros se assustaram depois que a onda bateu do lado da embarcações e molhou muitos deles. (Foto: Arquivo/JM)

A própria Capitania dos Portos, que fiscaliza a segurança das embarcações da travessia, constatou que não houve qualquer incidente que pudesse impedir a operação normal da embarcação, que continuou em tráfego. As operações continuam normais, segundo informa em nota a Astramab – Associação dos Transportadores Marítimos da Bahia.

Passageiros relataram que tudo não passou de um susto e que a viagem de Mar Grande para Salvador transcorreu normalmente.

“Existem pessoas que realmente não estão acostumadas, mas com a aproximação do inverno esses acontecimentos viram rotina. Tudo não passou de uma marola, como dizia Lula quando era presidente. O usuário habitual sabe que com mar grosso e com ondas as pessoas enjoam, que a água do mar bate e molha os passageiros, nada de anormal. Tanto nas lanchas como no ferry boat tem gente que passa mal pelo enjoo. Então é melhor não viajar”, aconselhou Neide da Silveira, 59 anos, que estava embarcada no momento que aconteceu o incidente, que ela considerou como um ”susto” para aqueles que não são acostumados a pegar o ferry boat ou as embarcações de Mar Grande.

A travessia Salvador-Mar Grande continua operando normalmente. A Astramab (Associação dos Transportadores Marítimos da Bahia) informou que caso alguma alteração nas condições de navegação na Baía de Todos os Santos o serviço poderá ser suspenso.

Notícias Relacionadas