970×90

Linha gratuita de ônibus começa a circular no Carnaval

Já está em funcionamento a linha de ônibus gratuita que liga a Estação da Lapa ao bairro do Calabar. O serviço conta com 36 veículos que operam em esquema 24 horas até as 10h da Quarta-feira de Cinzas. Esta vai ser a única linha de ônibus gratuita que está circulando na Avenida Centenário durante o Carnaval. Uma vez na Estação da Lapa, os usuários têm acesso às outras linhas de ônibus da capital.

O serviço conta com 36 veículos que operam em esquema 24 horas até as 10h.
O serviço conta com 36 veículos que operam em esquema 24 horas até as 10h.

Para a turista de Belém (PA) Cyntia Mendes, a nova linha é uma ótima opção para quem não quer perder nenhum momento da festa. “Vai melhorar muito a nossa locomoção. Às vezes queremos acompanhar um artista no Campo Grande e depois ir para a Barra e é difícil. Com o ônibus, esse caminho vai ser melhor e vamos economizar nossas pernas para dançar mais”.

A soteropolitana Natália Porto também destacou o dinamismo da linha gratuita de ônibus. “Nos anos anteriores eu ‘paletava’ mesmo do Campo Grande para a Barra e vice-versa. Este ano vai ser diferente: vou pegar o ônibus na Lapa e chego na Barra tranquila, sem risco e sem andar tanto. Estou muito animada”, disse.

Outra novidade é a criação da linha E106 Ondina x Costa Azul com o seguinte itinerário: Ondina; Rua da Paciência; Largo da Mariquita; Av. Amaralina; Av. Otávio Mangabeira; Costa Azul; Retorno (próximo ao Bambara); Rua Fernando Menezes Góes; Av. Manoel Dias da Silva; Rua Visconde de Itaboraí; Rua Osvaldo Cruz; Largo da Mariquita; Rua João Gomes; Rua da Paciência e Ondina. Neste caso, os usuários pagarão tarifa normal do sistema: R$3,60.

Expresso – Também já está funcionando o Expresso Carnaval. Foi disponibilizada uma frota exclusiva, composta por 50 veículos, que sairá a cada 15 minutos do Salvador Shopping e do Salvador Norte Shopping. Adquirindo o ingresso para o veículo, os motoristas ganham o direito de estacionar os carros nesses shoppings e buscá-los após a festa. Cada bilhete custa R$25, sendo R$5 do cartão, que pode ser recarregado e utilizado por uma família inteira. Ou seja, a partir da segunda viagem, o trecho ida e volta passa a custar R$ 20, já que não há mais o custo do cartão.

O Expresso Carnaval possui quatro linhas e seis pontos de paradas. A primeira linha ligará o Salvador Shopping ao bairro de Ondina, com parada no Instituto Social da Bahia (Isba). A segunda linha liga o Salvador Shopping à Barra, com paradas na sede da Transalvador (Barris) e na Avenida Centenário (atrás do Vitória Center).

O terceiro itinerário conecta o Salvador Norte Shopping ao Shopping Barra, com paradas na sede da Transalvador (Barris) e na Avenida Centenário (atrás do Vitória Center). A conexão restante liga o Salvador Norte Shopping à Avenida Garibaldi, com parada no Instituto de Geociências da Universidade Federal da Bahia (Ufba/Campus Garibaldi).

Transporte complementar – Durante a festa, 2.600 coletivos, divididos em 140 linhas, atuarão em três faixas de horário. Das 5h às 13h, o sistema terá 50% da frota disponível. Entre 13h e 21h, a população contará com 60% da frota. Já das 21h às 5h, serão disponibilizados 70% dos veículos, de modo que ninguém perca o horário de saída dos blocos e que o retorno para casa ocorra em segurança. Ao todo, 12 mil rodoviários vão atuar nos 11 dias de festa.

Além do sistema convencional, o folião poderá contar com os veículos do Subsistema de Transporte Especial Complementar (Stec), que terá 45 linhas operando das 4h à 0h, atendendo usuários no Vale do Canela, Avenida Garibaldi e Praça Cairu. Os micro-ônibus terão como destino as seguintes localidades: Paripe, Ceasa, São Cristóvão, Periperi, Cajazeiras, Itapuã e Brasilgás.

Notícias Relacionadas