Entidades do agronegócio da Bahia empossam novos diretores

Celestino Zanella (direita) e Júlio César Busato. (Foto: Divulgação)
Celestino Zanella (direita) e Júlio César Busato. (Foto: Divulgação)

Duas das principais entidades representativas do agronegócio baiano empossaram seus novos dirigentes em Barreiras, no oeste do Estado. Em uma cerimônia conjunta, no Bartira Fest, a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) e a Associação Baiana de Produtores de Algodão (Abapa) celebraram a chegada dos novos gestores. Os produtores rurais Celestino Zanella, ex-presidente da Abapa, e Júlio César Busato, ex-presidente da Aiba, entregaram um ao outro a missão de conduzir a “nova casa” e renovaram seus compromissos com o agronegócio e com a região.

“Eu desejo ao Júlio muita sorte no comando da Abapa, associação em que eu estive à frente no último biênio. E como produtor de algodão e associado da mesma, estarei à disposição para ajudar no que for preciso, tudo em prol da cotonicultura baiana. Sei que o ele (o Júlio) vai trabalhar para fortalecer essa cadeia produtiva”, ressaltou Zanella.

Júlio César Busato, por sua vez, salientou que o seu maior desafio é recuperar o crescimento da área plantada de algodão no Estado, que registrou um recuo nos últimos anos em decorrência de problemas climáticas. Sobre a sua saída da Aiba, após dois mandatos, ele foi enfático “o meu tempo acabou, mas a Associação ficará em boas mãos. Sei que o Zanella, com a experiência que tem, fará uma excelente gestão”.

O evento contou com a presença maciça de produtores rurais associados às duas instituições, de representantes de empresas e tradings ligadas ao setor e de autoridades, como o governador Rui Costa e o vice-governador João Leão, além de deputados, secretários de Estado, ex-ministros e representantes de órgãos públicos e de outras entidades do agronegócio no âmbito regional, estadual e nacional.

Notícias Relacionadas