Bahia e Jacuipense fazem jogo muito fraco e não saem do empate sem gols

A partida contou com 2.179 pagantes, para uma renda de R$ 29.060,00. Destaque muito negativa: as  péssimas condições do gramado do estádio.
A partida contou com 2.179 pagantes, para uma renda de R$ 29.060,00. Destaque muito negativa: as péssimas condições do gramado do estádio.

Jogando em Riachão do Jacuípe, o Bahia empatou com o Jacuipense em 0 x 0 em um jogo tecnicamente sofrível e que foi paralisado no início por falta de luz no estádio Valfredão. Por conta da falta de iluminação no estádio, que não suportou a carga de todos os refletores ligados ao mesmo tempo, o jogo só começou com 35 minutos de atraso. A partida contou com 2.179 pagantes, para uma renda de R$ 29.060,00.

Com o resultado, o Bahia segue na liderança do Campeonato Baiano 2017 com quatro pontos, mas pode perder até três posições no complemento da rodada. O Jacuipense, com dois pontos, ocupa a quarta colocação, e também pode cair na tabela no decorrer da semana.

O Bahia volta a jogar no sábado, às 19h30 (horário local), quando enfrenta o Moto Club no estádio de Pituaçu, pela segunda rodada da Copa do Nordeste. O Jacuipense terá pouco mais de uma semana de preparação até a próxima partida. No dia 12, o Leão do Sisal enfrenta o Fluminense de Feira no Joia da Princesa, em Feira de Santana, pela terceira rodada do estadual.

O gramado do estádio Valfredão, em péssimas condições de jogo, impediu qualquer possibilidade da apresentação de um bom espetáculo das duas equipes. Os chutes de fora da área e as ligações diretas eram as principais alternativas diante do gramado ruim. O Jacuipense perdeu boa chance de marcar com Miller. Após cruzamento rasteiro, o meia do Leão do Sisal furou o chute. Já o Bahia pouco criou e apenas tentou abrir o placar em cobranças de faltas por Juninho.

Notícias Relacionadas