Marcelo Nilo desiste de concorrer à reeleição à presidência da Assembleia

Há 10 anos presidente da Assembleia Legislativa, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Marcelo Nilo, não resistiu à pressão de deputados da base do governador Rui Costa e anunciou na noite desta terça-feira (31) que não vai disputar a reeleição ao cargo. A sessão para a escolha dos novos membros da mesa diretora está marcada para as 14h desta quarta (1º).

Com a desistência de Nilo em concorrer à presidência, o candidato único é o deputado Ângelo Coronel (PSD), que conta com o apoio do senador Otto Alencar (PSD). Marcelo Nilo tinha o apoio de Rui Costa e de Jaques Wagner, ex-governador, mas perdeu o apoio dos deputados de oposição, que preferiram ficar com a candidatura sustentada por Otto Alencar.

Marcelo Nilo pode emplacar mais uma reeleição na Assembleia Legislativa da Bahia
Marcelo Nilo pode emplacar mais uma reeleição na Assembleia Legislativa da Bahia

O governador Rui Costa postou, na sua página do Facebook, que havia parabenizado o deputado Ângelo Coronel. “Aproveitei para desejar tranquilidade e sabedoria para manter a base aliada unida ao assumir a presidência da Assembleia Legislativa”. Rui também fez questão elogiou Marcelo Nilo “pelo posicionamento firme e corajoso de renunciar em nome da unidade política”. O governador disse, ainda, que “a gestão eficiente do atual presidente merece nosso reconhecimento”.

Através de nota, o deputado Marcelo Nilo afirmou que tomou a decisão de retirar sua candidatura depois de avaliar a conjuntura política.

Na nota, Marcelo Nilo disse que “atendendo a amigos deputados, postulei nova recondução à Presidência. Para tanto, constituí um grupo de alianças com legendas da base de apoio à administração do governador Rui Costa. Hoje, avaliando a conjuntura juntamente com os deputados que me apoiaram, resolvemos retirar a candidatura à Presidência da Assembleia Legislativa”.

Notícias Relacionadas