Famílias marcam presença em primeiro dia de matrículas na rede estadual

A matrícula nas escolas estaduais, iniciada nesta terça-feira (24) e que segue até o dia 31 de janeiro, pode ser feita pela Internet em Salvador e em mais 28 cidades do interior. Mesmo assim, muitos pais, mães e responsáveis preferiram ir até as escolas acompanhar os filhos.

A matrícula é o reinício da caminhada do ano letivo, que começa no dia 6 de fevereiro.
A matrícula é o reinício da caminhada do ano letivo, que começa no dia 6 de fevereiro.

Uma oportunidade para conhecer a nova escola onde os filhos vão estudar, já que a terça-feira foi dedicada à matrícula dos estudantes da rede estadual que irão trocar de escola, seja porque mudou de domicílio, porque perdeu o prazo da renovação ou mesmo porque a escola onde estudou, em 2016, não oferece a série subsequente.

Dona Maria José dos Santos foi até o Colégio Estadual Senhor do Bonfim, nos Barris, em Salvador, fazer a matrícula da filha Maria Vitória Santos Araújo, de 15 anos, que estudava no Colégio Estadual Úrsula Catharino, no Centro. “Além de ser mais perto da nossa residência, o que garantirá mais tempo para que ela possa estudar em casa, tive ótimas referências em relação à disciplina e organização da escola”.

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, acompanhou a movimentação no Colégio Estadual Senhor do Bonfim, onde conversou com gestores, professores e estudantes, e destacou a importância deste acompanhamento das famílias. Pinheiro falou, ainda, sobre as perspectivas para o ano letivo 2017. “É boa a expectativa de aumentar o número de estudantes na rede estadual. A matrícula é o reinício da caminhada do ano letivo, que começa no dia 6 de fevereiro. Antes, nos dias 1º, 2 e 3, vamos realizar em toda a rede a Jornada Pedagógica 2017, que é uma preparação das escolas para recepcionar os nossos estudantes e, para isto, contamos com o empenho, a dedicação e, principalmente, o compromisso dos nossos gestores escolares”, afirmou o secretário. Confira a matéria completa no site da Secretaria da Educação.

Notícias Relacionadas