Assange afirma que Temer foi informante dos Estados Unidos, diz site.

Julian Assange, fundador do Wikileaks, afirmou que Michel Temer deu informações de inteligência política do Brasil à embaixada dos Estados Unidos em troca de apoio político. A informação é do escritor Fernando Morais, editor do site Nocaute.

Michel Temer
Michel Temer

“Michel Temer teve reuniões privadas na embaixada dos Estados Unidos e forneceu informações políticas às quais muitos não tinham acesso. Não digo que ele tenha sido um espião pago. Falo de outra coisa: de trocar informação por apoio político”, diz Assange em entrevista ao jornalista.

O Wikileaks afirmou em sua conta no Twitter em maio do ano passado que Temer atuou como informante da embaixada dos Estados Unidos em 2006, quando era deputado federal. A afirmação se baseia em telegramas em que o então cônsul-geral dos Estados Unidos, Christopher J. McMullen, relata ao governo americano conversas com Temer. Os documentos haviam sido revelados em 2011 e voltaram à tona com o tuíte: “Dilma sai do governo após golpe parlamentar; novo presidente é o informante dos Estados Unidos Michel Temer”.

Segundos as cartas, Temer teria afirmado que o desempenho do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva no cargo era decepcionante e que a situação oferecia uma oportunidade para o PMDB lançar seu próprio candidato nas eleições seguintes.

Fonte: Brasileiros

Notícias Relacionadas