Palmeiras atual contrata quase duas vezes mais que o time da Parmalat

Felipe Melo foi a 45ª contratação do Palmeiras depois da chegada do diretor de futebol Alexandre Mattos. O dirigente chegou à marca em pouco mais de dois anos. O ritmo é quase duas vezes maior ao registrado pela Parmalat no começo dos anos 1990.

Felipe Melo já assinou contrato com o Palmeiras para a temporada 2017
Felipe Melo já assinou contrato com o Palmeiras para a temporada 2017

No mesmo período de tempo, a multinacional italiana, com José Carlos Brunoro na mesma função de Mattos, foi responsável pela contratação de 29 jogadores. O atual número alcançado pelo clube foi obtido apenas no começo de 1997, no quinto ano do trabalho.

Mattos, logo na primeira temporada no Palmeiras, trouxe 25 jogadores – 11 deles seguem no clube paulista. No segundo ano, foram 14 contratações (12 jogadores ainda fazem parte do elenco). Em 2017, o Palmeiras já garantiu seis novos atletas. O clube, desde o começo de 2015, conta com a força do patrocínio da Crefisa.

As contratações começaram ainda em dezembro de 2014, logo depois de o Palmeiras escapar do rebaixamento no Brasileirão. O ritmo forte foi mantido em janeiro de 2015. Com praticamente uma nova formação, o time alviverde foi vice-campeão paulista – no fim do ano, conquistou a Copa do Brasil.

A Parmalat, que acertou com o clube alviverde em abril de 1992, contratou nove jogadores até o começo do ano seguinte. Em 1993, foram mais oito. Seis deles foram titulares no jogo do título paulista daquele ano, responsável pelo fim da fila de 17 anos: Mazinho, Antônio Carlos, Roberto Carlos, Zinho, Edmundo e Edílson.

Fonte: UOL Esporte/Siego Salgado. Clique AQUI e leia.

Notícias Relacionadas