Cunha sonha com liberdade a partir de fevereiro

CLÁUDIO HUMBERTO

O ex-deputado cassado Eduardo Cunha começou 2017 ainda preso em Curitiba, mas deposita enorme esperança em conseguir liberdade com o pedido de habeas corpus em análise no Supremo Tribunal Federal (STF). Cunha sonha em deixar o Complexo Penitenciário de São José dos Pinhais já no próximo dia 8 de fevereiro, quando a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, colocará o caso para análise do plenário.

Eduardo Cunha, preso da Lava Jato.
Eduardo Cunha, preso da Lava Jato.

FESTAS NA CADEIA
Cunha esperava pela decisão do ministro-relator da Lava Jato, Teori Zavascki, antes do recesso, mas passou Natal e Réveillon em cana.

DIREITOS IGUAIS
Outra tentativa no STF é anular a cassação. Cunha alega que houve a possibilidade de emendas na cassação de Dilma, o que lhe foi negado.

FICHA SUJA

Caso não tenha êxito nos pedidos junto ao STF, Cunha continuará preso e inelegível até 2027 pelo enquadramento na Lei da Ficha Suja.

#BA$TA
Na campanha à reeleição para presidente da Câmara, Rodrigo Maia se encontrará no domingo (8) com o deputado Arthur Lira (PP-AL) na paradisíaca Barra de São Miguel (AL). Tudo pago com dinheiro público.

SEU DINHEIRO
Membro da CPI da Lei Rouanet, o deputado Izalci (PSDB-DF) aponta desvios da ordem de R$ 180 milhões, pulverizados em mais de 250 projetos financiados por várias empresas com incentivos do governo. (Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais)

Notícias Relacionadas