Vitória rechaça proposta para liberar Marinho: “Só sai se pagar a multa integral”.

Marinho anunciou na manhã desta quinta-feira que estava de saída do Vitória. No entanto, por enquanto, o atacante permanece como jogador rubro-negro. Em reunião realizada na tarde desta quinta-feira, o clube baiano voltou a rejeitar uma oferta do futebol chinês – informações de bastidores dão conta de que o clube seria o Changchun Yatai. A negativa à oferta foi confirmada ao GloboEsporte.com pelo diretor de futebol do Leão, Sinval Vieira.

Comportamento de Marinho irritou torcedores, que reagiu nas redes sociais.
Comportamento de Marinho irritou torcedores, que reagiu nas redes sociais.

– O empresário nos trouxe uma proposta que não foi aceita pelo Vitória. Está abaixo do que consta na cláusula – contou o dirigente, referindo-se à multa para rescisão do contrato do atleta com o clube.

A multa é de cinco milhões de euros, aproximadamente R$17 milhões na cotação do dia. Na última quarta-feira, o empresário do jogador, Jorge Machado, havia se reunido com dirigentes do Vitória para tentar negociar um abatimento do valor, ocasião em que apresentou a oferta chinesa. Segundo Sinval Vieira, a proposta desta quinta-feira não foi diferente da oferecida na reunião de quarta.

– Não fez diferença nenhuma. Não alterou. Não teve conversa – contou.

A intenção inicial do Vitória era fazer uma proposta de reajuste salarial a Marinho para afastar a possibilidade da saída do atacante. Contudo, o próprio jogador afirmou, em posicionamento feito na sala de imprensa do clube, que não gostaria de ficar. Sinval Vieira contou que a ideia de fazer uma oferta de renovação foi descartada, em primeiro momento, por conta da atitude do atleta.

– Nem chegamos a fazer [oferta de renovação]. O desejo de Marinho, e chamou a imprensa para falar isso, é o de que quer ir.

Uma nova rodada de negociação não foi descartada por Sinval Vieira. No entanto, não foi definida uma data para um encontro entre o empresário de Marinho e os dirigentes do Vitória.

– Não. Ele já saiu daqui. Vamos ver. É possível que aconteça [uma nova reunião]. Não saiu nada definido. As coisas são assim. Sem o valor não for o previsto em cláusula, não sai – finalizou.

O GloboEsporte.com entrou em contato com Jorge Machado para comentar o resultado das reuniões com a diretoria do Vitória, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

Fonte: Globoesporte.com

Notícias Relacionadas