INB inicia mais uma etapa para retomada da produção de urânio na Bahia

O decapeamento é a etapa imediatamente anterior à lavra do minério e consiste na retirada da primeira camada de solo do local onde será a mina (Foto: INB)
O decapeamento é a etapa imediatamente anterior à lavra do minério e consiste na retirada da primeira camada de solo do local onde será a mina (Foto: INB)

Teve início o decapeamento da futura mina do Engenho, na Unidade de Concentrado de Urânio das Indústrias Nucleares do Brasil (INB), em Caetité, sudoeste da Bahia. A autorização para a atividade foi concedida pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN). Esse é um passo decisivo para a retomada da produção de urânio no Brasil, segundo informa o site Bahia de Valor.

O decapeamento é a etapa imediatamente anterior à lavra do minério e consiste na retirada da primeira camada de solo do local onde será a mina. A previsão da INB é que esta fase tenha duração de 10 meses. Como esta primeira camada de solo já possui alguma quantidade de urânio, nesse período a estimativa é obter 73 toneladas de yellowcake (concentrado de urânio), com previsão inicial de produção para fevereiro de 2017.

A empresa contratada para realizar os serviços de infraestrutura, depósito de estéril supressão de vegetação e decapeamento possui atualmente em torno de 170 pessoas atuando na área da mina do Engenho, sendo que 90 destes trabalhadores foram chamados este mês para essa nova etapa.

Fonte: Bahia de Valor. Clique AQUI e leia mais.

Notícias Relacionadas