Mascarados atacam democracia que os protege

CLÁUDIO HUMBERTO

Intolerantes, mascarados tocaram o terror em cidades como Brasília, onde juraram o presidente Michel Temer de morte em pichações, porque se recusam a aceitar a derrota no jogo democrático. Atacam a mesma democracia que lhes dá o direito de protestar, como lembra o “bombeiro” Marcus Pestana, hoje deputado pelo PSDB-MG que atuou em incendiárias organizações de esquerda, na resistência à ditadura.

Mascarados em ação em São Paulo
Mascarados em ação em São Paulo

MÃE DEMOCRACIA
Generosa, a democracia brasileira garante a partidos nanicos, de raquítica representação, tempo na TV e dinheiro do fundo partidário.

BOLSOS FORRADOS
Mesmo sem um único deputado federal, PSTU recebeu R$2,23 milhões do Fundo Partidário, em 2016, e o PCO, ainda menor, R$1,15 milhão.

PRÉ-REQUISITO
A divisão do fundo partidário e do tempo de propaganda de cada candidato é estimada com base no tamanho das bancadas na Câmara.

PARTIDO PARA TUDO
Em 2014, foram 11 candidatos na corrida presidencial, a maioria “nanicos”, em meio a uma profusão quase inútil de 32 partidos. (Coluna de Cláudio Humberto. Clqieue AQUI e leia mais)

Notícias Relacionadas