Rosamaria Murtinho e Mauro Mendonça ganham o Troféu Mário Lago

O Domingão do Faustão prestou uma homenagem mais do que merecida a Mauro Mendonça e Rosamaria Murtinho neste domingo, (25). O casal de atores, que está junto há quase seis décadas, recebeu o Troféu Mário Lago, dado pelo conjunto da obra de cada um desses monstros sagrados da televisão brasileira. Entre os dois, eles somam mais de 100 novelas no currículo, além de séries, minisséries, filmes e peças.

Mauro Mendonça e Rosamaria Murtinho no 'Troféu Mário Lago' (Foto: Ramón Vasconcelos/Globo/Divulgação)
Mauro Mendonça e Rosamaria Murtinho no ‘Troféu Mário Lago’ (Foto: Ramón Vasconcelos/Globo/Divulgação)

Os primeiros a mandar recado para a dupla foram Nathalia Timberg e Francisco Cuoco, que acompanharam quando os dois se conheceram nos bastidores de uma produção teatral. “Estavam tão embevecidos que corria o risco de não entrarem em cena”, brincou Cuoco.

Depois, foi a vez do executivo José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, que contratou os dois em 1963. Na época, ele estava montando o primeiro elenco da TV Excelsior, que inaugurou a novela diária na TV brasileira. “Eles fazem parte desse grupo que ama a televisão, que faz as coisas com perfeição e com uma diversidade enorme”, elogiou. “É uma dádiva ter Mauro e Rosamaria na televisão.”

Os colegas Ary Fontoura e Tony Ramos, que foram os que mais trabalharam com os homenageados, também fizeram questão de falar para o casal. “A importância deles na teledramaturgia é imensa”, comentou Ary. “Que os jovens se espelhem neles!”

Também não podiam ficar de fora da homenagem os diretores Jorge Fernando e Denise Saraceni, bem como o autor Silvio de Abreu, que disse esperar que os dois ainda vivam muitos papéis na TV. “Ator não tem idade”, avaliou. “Vai ter sempre um personagem bom para um bom ator desenvolver.”

Um momento de grande emoção foi quando Vanessa Giácomo falou de sua estreia na TV ao lado de Mauro, em Cabocla (2004), e Bárbara Paz falou do carinho que criou por Rosa quando as duas viveram mãe e filha em Amor à Vida (2013). “O Brasil tem que ter memória, e a história da televisão brasileira está em vocês”, declarou a última.

Os três filhos do casal, Rodrigo, João Paulo e Mauro Mendonça Filho, o Maurinho, contaram que foram muito influenciados pelos dois. Os três se dedicam às artes, sendo o primeiro ator, o segundo produtor musical e compositor e o terceiro diretor da TV Globo. “Eu sempre vi o amor no trabalho dos meus pais, acho que isso passou para mim e para os meus irmãos e acho que já está passando para os meus filhos”, afirmou o último.

Emocionado com os depoimentos, o pai confessou: “Estou tendo que me segurar aqui, porque a emoção está muito forte”. “Ainda bem que sou um velho durão”, brincou. Já Rosa falou das transformações que a televisão sofreu desde que ela estreou e brincou ao revelar que se apaixonou à primeira vista pelo marido. “Ele me esnobou um pouquinho”, riu. “Mas eu fiquei em cima. Sem ele saber, né?”

Para entregar a dupla premiação, a atriz Susana Vieira, que recebeu o prêmio no ano passado, entrou no palco e se alegrou de poder fazer parte da homenagem aos dois e de poder celebrar com eles “a felicidade de a gente continuar aqui vivos, famosos, meu amor, e fazendo sucesso!”

Notícias Relacionadas