Encontrados destroços de avião russo que caiu no Mar Negro

Destroços do avião russo que caiu hoje no Mar Negro foram encontrados a 1,5 quilômetro da costa da cidade de Sochi, a uma profundidade entre 50 e 70 metros, informou Igor Konashenkov, porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia. Ele garante que não há quaisquer sobreviventes da queda da aeronave.

Os destroços foram encontrados a 1,5 quilômetro da costa da cidade de Sochi, a uma profundidade entre 50 e 70 metros - (Foto:Reprodução/ Agência Lusa/Agência Brasil)
Os destroços foram encontrados a 1,5 quilômetro da costa da cidade de Sochi, a uma profundidade entre 50 e 70 metros – (Foto:Reprodução/ Agência Lusa/Agência Brasil)

O avião transportava militares e membros do Alexandrov Ensemble, o grupo musical oficial do Exército russo. Todos se deslocavam à Síria para participar nas celebrações de Ano Novo numa base militar.

A bordo, seguiam 92 pessoas – 83 passageiros e oito membros da tripulação. O Alexandrov Ensemble, fundado em 1928, durante a era soviética, é considerado “um dos símbolos da cultura militar nacional”.

Entretanto, uma fonte oficial russa afirmou que o aparelho caiu no Mar Negro devido a um problema técnico ou a um erro da tripulação, descartando assim a hipótese de um ataque terrorista.

O Mar Negro é um mar interior de forma oval que está localizado entre a Europa, a Península da Anatólia (Turquia) e o Cáucaso, fazendo ligação com o Oceano Atlântico através dos mares Mediterrâneo e Egeu e os estreitos (Bósforo, Dardanelos e Kerch).

Notícias Relacionadas