Especial de Roberto Carlos na Globo emociona; Rafa Gomes e Jennifer Lopez foram brilhantes.

Roberto Carlos  se derreteu com participação especial de Rafa Gomes. (Foto: TV Globo/Divulgação)
Roberto Carlos se derreteu com participação especial de Rafa Gomes. (Foto: TV Globo/Divulgação)

É bem como Rafa Brites fala: “Se não tiver Especial do Roberto Carlos, o ano não vira”. Simplesmente Roberto Carlos cumpriu o hábito, e 2017 está mais do que garantido agora. Das lendas da MPB – Caetano Veloso, Gilberto Gil, Marisa Monte e Zeca Pagodinho – à estrela infantil Rafa Gomes, ex-The Voice Kids, o especial de fim de ano celebrou todos os públicos do Rei. Foi só o show começar para o público se emocionar e se alegrar nas redes sociais.

Em ambiente intimista, Roberto Carlos passeou por diversas fases de sua longa carreira e se derreteu com participação especial de Rafa Gomes. Um show de fofura que encantou a web e mostrou o lado paizão e cativante do astro da Jovem Guarda.

A dupla cantou “Ben”, sucesso na voz de Michael Jackson, e “Todos Estão Surdos”, de Roberto Carlos e Erasmo Carlos. Veja os comentários e reveja como foi!

A cereja do bolo (e que cereja!) foi a parceria de Jennifer Lopez com Roberto, a primeira vez que a americana cantou em português.

Caetano Veloso e Gilberto Gil

Nem a gente conseguiu segurar a emoção quando Caetano Veloso e Gilberto Gil pisaram no palco. Roberto e o Brasil choraram com a participação mais que especial da dupla. “É um privilégio estar aqui cantando com eles. Quantos outros artistas gostariam de estar no meu lugar.”, disse ele, que interpretou “Coração Vagabundo” e “Marina” ao lado dos dois.

Roberto também foi aplaudido de pé ao tocar “Quero Que Vá Tudo Pro Inferno”, canção que há mais de 30 anos não faz parte do repertório de seus shows.

Caetano Veloso e Gilberto Gil
Nem a gente conseguiu segurar a emoção quando Caetano Veloso e Gilberto Gil pisaram no palco. Roberto e o Brasil choraram com a participação mais que especial da dupla. “É um privilégio estar aqui cantando com eles. Quantos outros artistas gostariam de estar no meu lugar.”, disse ele, que interpretou “Coração Vagabundo” e “Marina” ao lado dos dois.

Marisa Monte
Valorizar o romance é com Roberto Carlos e ele chamou a diva Marisa Monte para dançar de rostinho colado. Com direito a beijinho no rosto do Rei e reverência da cantora, as interpretações de “Ainda Bem” e “De que Vale Tudo Isso” foram pontos altos do especial. “Eu nem me lembro mais quanto tempo faz que cantei essa música pela última vez. Os amigos insistiam para que eu voltasse a cantar”, contou ele sobre o sucesso de 1965, do álbum “Jovem Guarda”.

Notícias Relacionadas