Gilmar Mendes vai processar “juristas” do impeachment

CLÁUDIO HUMBERTO

O ministro Gilmar Mendes informou a amigos que não tem alternativa senão processar por danos morais um grupo ligado ao PT que tenta forçar o Senado a apreciar um pedido de impeachment contra ele. Cláudio Fontelles, que serviu ao governo Lula na procuradoria-geral, é o mais conhecido entre os autores. Em conversa informal, Gilmar notou que a iniciativa é de gente que fracassou em suas carreiras jurídicas. Parecem pretender punir Gilmar por suas posições. “Crime” de opinião.

Ministro Gilmar Mendes
Ministro Gilmar Mendes

DR. INÉPCIA
Cláudio Fontelles é alvo de ironias nos meios jurídicos pela grande quantidade de ações consideradas ineptas, quando chefiou a PGR.

ESCOLHA POLÊMICA
Outro autor do impeachment, Marcelo Neves, foi apoiado por Gilmar para o Conselho Nacional de Justiça e depois se voltou contra ele.

ASSÉDIO MORAL
Neves virou notícia também pela acusação de assédio moral. Houve ação no Conselho de Ética da Universidade de Brasília, onde dá aulas.

EX-AGU
Álvaro Ribeiro da Costa também subscreve a ação contra Gilmar. Não ocupou cargos relevantes desde que chefiou a AGU no governo Lula. (Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais)

Notícias Relacionadas