Presidente do TCE-RJ é levado para depor pela PF em operação ligada à Lava Jato

A operação, chamada de Descontrole, é resultado de investigação da Força-Tarefa da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro.
A operação, chamada de Descontrole, é resultado de investigação da Força-Tarefa da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro.

Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (13) três mandados de condução coercitiva em uma operação que investiga crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por parte do presidente do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ), conselheiro Jonas Lopes, e de pessoas ligadas a ele.

A operação, chamada de Descontrole, é resultado de investigação da Força-Tarefa da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, com participação do Ministério Público Federal. A PF também cumpre 10 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça.

A assessoria de imprensa do TCE-RJ informou não ter ainda nenhum posicionamento sobre a condução coercitiva do presidente do Tribunal.

Notícias Relacionadas