Engenheira diz que Lula era cliente em potencial para comprar tríplex

Lula é réu em um processo oriundo da Operação Lava Jato, na Justiça Federal do Paraná. Ele responde por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
Lula é réu em um processo oriundo da Operação Lava Jato, na Justiça Federal do Paraná. Ele responde por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A engenheira civil da OAS Mariuza Aparecida da Silva Marques disse que o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) era um cliente em potencial para comprar o tríplex em Guarujá, no litoral de São Paulo.
A afirmação foi feita durante oitiva realizada na manhã desta segunda-feira (12) por videonferência. Mariuza respondeu a uma pergunta feita pelo procurador do Ministério Público Federal (MPF).

Primeiramente, Mariuza disse que “tinha um cliente em potencial para comprar essa unidade, que tinha interesse nessa unidade”. Então, o procurador perguntou se “esse cliente era o ex-presidente Lula, sua esposa Marisa Letícia”.

Mariuza respondeu: “Isso”.

Lula é réu em um processo oriundo da Operação Lava Jato, na Justiça Federal do Paraná. Ele responde por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A denúncia do MPF contra ele abrange três contratos da OAS com a Petrobras e diz que R$ 3,7 milhões em propinas foram pagas a Lula. De acordo com o MPF, a propina se deu por meio da reserva e reforma do apartamento tríplex em Guarujá e do custeio do armazenamento de seus bens.

Fonte: G1 Paraná

Notícias Relacionadas