Vitória leva virada do Palmeiras, mas segue no Campeonato Brasileiro

O Vitória  encerrou sua participação No brasileirão com 45 pontos, dois pontos na frente do Inter RS, o último time a ser rebaixado.
O Vitória encerrou sua participação No brasileirão com 45 pontos, dois pontos na frente do Inter RS, o último time a ser rebaixado.

O Vitória foi superado pelo Palmeiras por 2 a 1, mas garantiu sua permanência na Série A do Campeonato Brasileiro. Com recorde de público no Barradão este ano – 34.757 pagantes – o Leão baiano não fez a partida dos sonhos de sua torcida: abriu o marcador, mas sofreu o empate e a virada, tudo no primeiro tempo. O rubro-negro encerrou sua participação com 45 pontos, dois pontos na frente do Inter RS, o último time a ser rebaixado – Santa Cruz, América MG e Figueirense são os outros.

A emoção tomou conta do duelo entre Vitória e Palmeiras antes mesmo da bola rolar. Muitos jogadores choravam enquanto o hino nacional era tocado, após um singela homenagem aos 71 mortos da tragédia envolvendo a delegação da Chapecoense. Ambos os clubes entraram com o uniforme do Verdão do Oeste, mas utilizaram suas próprias camisas para não ferir o regulamento da CBF.

Dentro de campo, enfrentando um Palmeiras, campeão brasileiro, recheado de reservas, o Vitória tomou para si a posse de bola e tentou envolver o adversário com jogadas em velocidade, principalmente com o atacante Marinho, mas foi o Verdão que chegou com perigo pela primeira vez. Aos sete minutos, Leandro Pereira recebeu pelo lado esquerdo, cortou para direita e chutou na trave.

Mas o Vitória não desistiu e abriu o placar aos 12 minutos. Em cobrança de falta, Marinho contou com uma furada da defesa do Palmeiras para colocar a bola no fundo das redes. Só que não deu muito tempo para comemorar. Aos 15, Fabrício recuperou a bola no meio de campo e acionou Erik. A zaga do cortou, mas Gabriel ficou com a sobra e soltou o pé para deixar tudo igual.

O Palmeiras ainda cresceu nos minutos finais e virou para cima do Vitória. Alecsandro chegou a marcar, mas o árbitro pegou mão do jogador e anulou o lance. Na sequência, o mesmo atacante aproveitou a sobra, após tentativa de Fabrício, e chutou para marcar o gol.

Os times voltaram para o segundo tempo ainda mais cautelosos. O Palmeiras buscava segurar o resultado, enquanto o Vitória tentava o gol para assegurar de uma vez na elite do futebol brasileiro. Aos 22 minutos, Marinho cobrou falta no travessão de Jailson. O clube baiano apertava, mas não conseguia furar o bloqueio adversário.

No final da partida, o Palmeiras fez a bola rodar, envolvendo o time do Vitória, que se fechou com o intuito de acertar um contra-ataque para empatar. A última chance ficou na cobrança de falta de Marinho, que parou nas mãos de Jailson.

Notícias Relacionadas