Internacional empata e é rebaixado pela primeira vez no Campeonato Brasileiro

O Internacional empatou em 1 a 1 com o Fluminense na tarde deste domingo (11), no Rio de Janeiro, em jogo válido pela última rodada do Brasileirão. O resultado decretou o rebaixamento do Inter para a Série B, o que ocorre pela primeira vez na história do clube.

O Inter cai pela primeira vez para a Série B
O Inter cai pela primeira vez para a Série B

Atuando com numeração preta e a mensagem #ForçaChape na camisa em sinal de luto pela tragédia ocorrida com a delegação do clube catarinense, o Internacional tentou se impor nos minutos iniciais. Com as linhas adiantadas, o time explorava, principalmente, as jogadas pelas laterais do campo. Aos 2min, Vitinho arrancou pela esquerda e cruzou para a área, onde Valdívia apareceu para chutar cruzado, para fora.

Porém, os cariocas suportaram a pressão inicial e passaram a especular no campo ofensivo, enquanto o Inter arrefeceu o seu ímpeto. Aos 12min, Gustavo Scarpa chutou da entrada da área e Danilo Fernandes fez grande defesa, espalmando a bola para escanteio. Aos 27min, Anselmo arriscou na bola parada, mas o chute ganhou muita elevação. Aos 29min, foi a vez de Scarpa cobrar falta que saiu à esquerda, com perigo. Aos 35min, Wellington desperdiçou grande oportunidade de abrir o placar, em conclusão de dentro da área que passou por cima do travessão colorado.

Aos 42min, Richarlison caiu na área e o árbitro marcou pênalti inexistente, uma vez que Alex não fez carga alguma sobre o jogador adversário. O próprio Rucharlison bateu e Danilo defendeu, saltando no canto direito para evitar que a bola entrasse. Na saída do gramado para o intervalo, ao ser entrevistado, Danilo mostrou sua luva com o nome de Danilo Padilha, goleiro da Chapecoense falecido no desastre aéreo. “Na hora pensei: ele pegava pênalti. Foi para ele”, dedicou Fernandes.

No intervalo, o goleiro Marcos Felipe entrou no lugar de Júlio César, que sentiu lesão. Aos 2min, em contra-ataque do Flu, Wellington tentou o gol por cobertura e apareceu para fazer o corte, ainda que a bola não fosse chegar até a rede. Aos 13min, Riharlison chutou cruzado e a bola acertou o lado de fora da rede. Aos 17min, Vitinho cobrou falta, a bola bateu na barreira e, no rebote, Ernando chutou para a defesa em dois tempos de Marcos Felipe.

Aos 19min, Andrigo e Gustavo Ferrareis entraram nos lugares de Alex e Valdívia. Aos 22min, Andrigo chutou para a defesa tranquila do goleiro do Fluminense. Pouco depois, Ariel entrou no lugar de Vitinho. Aos 27min, um duro golpe: Douglas fez 1 a 0 para o Fluminense. Aos 35min, os cariocas quase ampliaram, em chute de Wellington que explodiu na trave.

Aos 42min, Ferrareis chutou de fora da área e empatou o jogo. Porém, o empate não era suficiente para as pretensões coloradas, tanto que o gol sequer foi comemorado pelos jogadores. Aos 44min, Danilo fez mais uma grande defesa após forte chute Scarpa. O resultado se manteve apesar dos quatro minutos de acréscimo.

Ficha técnica:

Fluminense: Júlio César (Marcos Felipe); Wellington, Nogueira, Henrique, William Matheus; Douglas, Edson, Gustavo Scarpa; Wellington, Richarlison (Marcos Júnior), e Henrique Dourado (Pedro). Técnico: Marcão.

Internacional Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Alex (Andrigo); Anselmo, Rodrigo Dourado, Anderson; Valdívia (Gustavo Ferrareis), Nico López e Vitinho (Ariel). Técnico: Lisca.

Gols: Douglas (F), aos 27min do segundo tempo, Gustavo Ferrareis (I), aos 42min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Alex (I); Marcos Júnior (F).

Arbitragem: Heber Roberto Lopes, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Carlos Berkenbrock (trio de SC).

Local: Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita-RJ.

Notícias Relacionadas