Inema aponta 14 praias impróprias para os banhistas neste final de semana

A praia do Corsário, na Boca do Rio, não é recomendada para banho neste final de semana. (Foto: Reprodução)
A praia do Corsário, na Boca do Rio, não é recomendada para banho neste final de semana. (Foto: Reprodução)

O relatório semanal do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) aponta que as cidades de Salvador e Lauro de Freitas, na região metropolitana, estão com 14 praias impróprias para banho neste final de semana. Uma praia é considerada imprópria, segundo o Inema, quando mais de 20% das amostras coletadas em cinco semanas consecutivas apresentar resultado superior a 1.000 coliformes fecais ou 800 Escherichia coli, ou quando, na última coleta, o resultado for superior a 2500 coliformes termotolerantes ou 2000 Escherichia coli ou 400 enterococos por 100 mL de água.

De acordo com o relatório do Inema, no período em que o tempo estiver chuvoso, as praias podem ser contaminadas por arraste de detritos diversos, carregados das ruas através das galerias pluviais, podendo causar doenças. Além disso, é desaconselhável o banho próximo à saída de esgotos, desembocadura dos rios urbanos, córregos e canais de drenagem.

Confira abaixo as praias que devem ser evitadas, de acordo com o Inema:

  • Periperi (na saída de acesso à praia após travessia da via férrea)
  • Penha (situada em frente à barraca do Valença)
  • Bonfim (ao lado da quadra de esportes)
  • Pedra Furada (atrás do Hospital Sagrada Família)
  • Canta galo (atrás da FIB)
  • Rio Vermelho (em frente à Rua Bartolomeu de Gusmão e próximo a escada de acesso à praia) Buracão (em frente às escadarias de acesso à praia)
  • Amaralina (no fundo da Escola Cupertino de Lacerda e Em frente à rua do Balneário)
  • Pituba (em frente à escada de acesso à praia e atrás da Praça)
  • Armação (em frente ao Hotel Alah Mar)
  • Boca do Rio (em frente ao posto Salva Vidas)
  • Corsário (em frente ao Posto Salva Vidas)
  • Patamares (em frente ao posto Salva Vidas Patamares)
    Buraquinho (cerca de 200 m da foz do rio Joanes)
  • Notícias Relacionadas