PM deslancha força-tarefa para tentar capturar assassino de soldado

policia-marcaTestemunhas que presenciaram o homicídio do soldado PM Pereira, ocorrido na noite desta terça-feira (6), no ponto de ônibus que dá acesso ao estádio de Pituaçu (Avenida Paralela), começaram a ser ouvidas por esquipes da Força-Tarefa da SSP que apuram a morte de policiais. Os procedimentos foram iniciados no local do crime.

Lotado no Batalhão de Choque, as primeiras informações indicam que o policial militar teria presenciado um roubo a um transeunte no ponto de ônibus e tentou evitá-lo. Ele foi atingido por disparos de arma de fogo e, apesar de socorrido para o hospital Roberto Santos, não resistiu aos ferimentos.

“Vamos buscar o máximo de dados das características físicas dos criminosos. Sabemos que fugiram a pé e estamos verificando se no local havia câmeras de segurança”, disse o coordenador do grupo, delegado Odair Carneiro.

Ele acrescentou ainda que, na semana passada, a Força-Tarefa elucidou o assassinato de outro PM e prendeu oito envolvidos no crime. “Tenham certeza de que trabalharemos incansavelmente para capturar os autores do delito”, ressaltou, lembrando que os detalhes presenciados por qualquer cidadão sejam enviados para a polícia, via Disque-Denúncia da SSP (3235-0000).

Notícias Relacionadas