Monica Iozzi revela motivo de estar solteira e diz que não posa nua

Monica Iozzi e Jô Soares se divertem durante entrevista (Foto: Carol Caminha/TV Globo/Divulgação)
Monica Iozzi e Jô Soares se divertem durante entrevista (Foto: Carol Caminha/TV Globo/Divulgação)

Se Jô Soares abre uma programação de cinema, televisão ou teatro e vê o nome de Monica Iozzi na escalação, certamente, ele vai se programar para prestigiá-la ou convidá-la para o seu programa para atualizar as novidades. “Ela é linda, elegante, rápida, uma das paixões da minha vida.” E em reta final da temporada na programação, claro, os amigos tinham que brindar mais um encontro no Programa do Jô.

Lisonjeada com a lista de elogios, levantados no programa desta sexta-feira (2/12), Monica se senta no sofá do amigo, já com um sorriso de ponta a ponta: “Que saudade, Jô!”. Entusiasta do trabalho dela, o apresentador já questiona por que ela está tanto tempo fora do ar. Em fase de gravação da série Vade Retro, prevista para 2017, ela justifica que está trabalhando bastante e aberta a projetos. “No momento que a gente tá, o que me oferecem estou aceitando, menos posar nua porque não dá mais dinheiro e precisaria fazer um crossfit.”

Brincadeiras à parte, Iozzi está batendo um bolão. Inclusive, matou saudade dos fãs do Video Show, acostumados a conferir o ‘look do dia’ da apresentadora, e deu uma voltinha no palco da atração, para exibir a boa forma. “Queria fazer um pedido aqui… Queria falar que estou solteira, faz um tempo já, dei uma boa emagrecida.”

Descrever o pretendente ideal é um desafio, claro, mas Monica brinca que acima de 1,80 m é “uma boa pedida”. “As pessoas com quem me casaria já estão casadas. Wagner Moura, Cauã Reymond, Jô Soares, Hugh Jackman…”, explica ela, que questiona se Jô também está solteiro. “O Jô é um dos homens mais sexies do Brasil, e um dos mais bem vestidos também. É indiscutível.”

O casório está ‘encalhado’, por enquanto, mas gentilmente Jô Soares já deu um presente de casamento à amiga. “Da outra vez (que Monica esteve no programa), brinquei que ele seria um bom padrinho de casamento porque daria um presente bom. Daí eu chego na minha casa e tem um rapaz na porta do meu prédio, 11 horas de um domingo, com um presente. Pensei: ‘Que fã louco, a pessoa descobriu onde eu moro'”, conta. E emenda: “Aí ele me ligou no dia seguinte e eu disse: ‘Jô, você é maluco! Eu nem me casei ainda’. E ele disse: ‘Não, é que não acredito que você vá se casar não’. Eu falei: ‘Tudo bem, eu também não (risos)’”.

Portal Gshow/TV Globo

Notícias Relacionadas