Operadores internacionais chegam a Salvador para incentivar a vinda de turistas

Salvador vai receber dez dos mais importantes operadores que comercializam o Brasil no mercado exterior (incoming). No período de 8 a 11 de dezembro, os operadores vão mergulhar numa programação com a cara do turista internacional. “Nossa intenção é mostrar aspetos turísticos mais valorizados pelos visitantes de fora do país, para conquistar um número maior desses visitantes”, explica Paulo Gaudenzi, presidente da Salvador Destination, entidade que, em parceria com a Secretaria Municipal de Turismo (Secult), está trazendo o grupo para a cidade.

Paulo Gaudenzi, presidente da Salvador Destination.
Paulo Gaudenzi, presidente da Salvador Destination.

Da programação consta apresentação do famoso balé folclórico da Bahia, show de samba, aulas de percussão, capoeira e dança, visita à Feira de São Joaquim, jantar no Pelourinho, passeio de escuna pela Baia de Todos-os-Santos, além de visita aos novos atrativos de Salvador, como a orla, o boêmio bairro do Rio Vermelho, o Memorial Jorge Amado e os fortes São Diogo e Santa Maria, convertidos em modernos espaços culturais.

A vinda dos incomings internacionais é mais uma ação voltada para o mercado externo promovida pela Salvador Destination em parceria com a Secult. Entre abril e maio deste ano, a entidade promoveu Salvador na Espanha e na Argentina; reuniu operadores internacionais no Rio de Janeiro e, em outubro, realizou o primeiro press trip com jornalistas europeus. “A Salvador Destination tem atuado em três frentes. Além da promoção internacional, investimos na atração de turistas de incentive e na conquista de eventos médicos”.

Congressos – No período de 2 a 4 de dezembro, a Salvador Destination reúne mais 15 presidentes de entidades médicas locais para reforçar a capacidade da capital baiana para abrigar congressos dessa área. Esta é o quarto grupo de dirigentes médicos locais e nacionais que a entidade reúne este ano, num total de 60 profissionais. “Os médicos respondem por 70% dos congressos realizados no país. Daí a importância destes eventos para atrair esse público mais qualificado e de maior poder aquisitivo, capaz de movimentar toda a cadeira produtiva do turismo”, destaca Gaudenzi.

Notícias Relacionadas