Tragédia com a Chapecoense: governo catarinense externa solidariedade

Ambulância chega a hospital na Colômbia (Foto: Reprodução)
Ambulância chega a hospital na Colômbia (Foto: Reprodução)

Agência Brasil

O governo de Santa Catarina lamentou hoje (29) o acidente aéreo que fez vítimas entre a delegação da Chapecoense, jornalistas e tripulação. O avião seguia para Medelin, na Colômbia, onde seria disputada a primeira final da Copa Sul-Americana, e caiu no município de La Ceja, já nas proximidades de seu destino.

“O governo de Santa Catarina lamenta profundamente a tragédia com a delegação da Chapecoense, jornalistas e tripulação do voo. Solidariedade às famílias”, publicou em sua conta no Twitter.

Segundo autoridades colombianas, há 76 mortes confirmadas. Dos 22 jogadores que estavam no avião, foi informado que sobreviveram os goleiros Danilo e Jackson Follmann, além do lateral Alan Rushcel.

Entre os mortos, há 21 profissionais da imprensa e nove tripulantes, segundo a Agência Ansa.

Notícias Relacionadas