Avião com a equipe da Chapecoense cai na Colômbia; Há sobreviventes.

O avião da Lamia transportava 72 passageiros e nove tripulantes.
O avião da Lamia transportava 72 passageiros e nove tripulantes.

REDAÇÃO DO JORNAL DA MÍDIA

O avião que transportava a delegação da Chapecoense para a Colômbia caiu por volta da 00:33 (hora de Brasília) quando se aproximava do Aeroporto José Maria Córdoba, em Medelin, onde a equipe brasileira jogaria a primeira partida pelas finais da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional.

A aeronave decolou do Aeroporto Internacional Viru Viru, na cidade de de Santa Cruz de la Sierra, na Bolivia, com destino a Medelin.

Não há relato sobre mortos. O Corpo de Bombeiros disse que 10 pessoas já foram retiradas do local do acidente, no município de La Unión, na região metropolitana de Medelin. As primeiras informações indicam que a causa do acidente foi a falta de combustível.

O local do acidente é de difícil acesso, segundo as autoridades colombianas. Dois helicópteros que atuavam nas buscas tiveram que suspender as operações devido à baixa visibilidade do local.

O avião transportava 72 passageiros e nove tripulantes e pertence à Companhia aérea Lamia, prefixo CP-2933.

O Aeroporto de Medelin confirmou o acidente em comunicado e informa que há sobreviventes no acidente.

A lista com todos os passageiros e tripulantes, de acordo com a Aeronáutica Civil, da Colômbia:

Atletas – Alan Ruschel, Ananias, Arthur Maia, Bruno Rangel, Juninho, Cléber Santana, Danilo, Dener, Filipe Machado, Jakson Follmann, Gil, Gimenez, Kempes, Lucas Gomes, Matheus Biteco, Neto, Sérgio Manoel, William Thiego, Tiago Albes, Josimar, Marcelo, Mateus Caramelo.

Comissão técnica – Caio Júnior, Eduardo de Castro Filho, Anderson Paixão, Anderson Roberto Martins, Marcio Bestene Koury, Rafael Gobbato, Luiz Cesar Martins Cunha, Luiz Felipe Grohs, Sergio Luis Ferreira de Jesus, Anderson Donizette Lucas, Adriano Wulff Bitencourt, Cleberson Fernando da Silva, Emerson Fabio di Domenico, Eduardo Luiz Preuss, Mario Luiz Stumpf, Sandro Luiz Pallaoro.

Dirigentes – Plínio de Nes Filho, Luciano Buligon, Gelson Luiz Merísio, Nilson Folle Junior, Decio Sebastião Burtet Filho, Jandir Bondignon, Gilberto Pace Thomas, Mauro Dal Bello, Edir Félix de Marco, Davií Barela Bavi, Ricardo Philippi Porto, Delfim Peixoto.

Jornalistas – Victorino Chermont, Rodrigo Santana Gonçalves, Deva Pascovitch, Licacio Pereira Junior, Paulo Júlio Clement, Mario Sérgio, Guilherme Marques, Ari de Araújo unior, Guilherme Laars

Jornalistas – Giovane Klein Victória, Bruno Mauri da Silva, Djalma Araújo Neto, André Luis Goulart Podiacki, Laion Machado Espíndola, Rafael Henzel, Renan Carlos Agnolin, Fernando Schardong, Edson Luiz Ebeliny, Gelson Galiotto, Douglas Dorneles, Jacir Biavatti, Ivan Carlos Agnoletto

Tripulação: Miguel Quiróga, Ovar Goytia, Sisy Arias, Romel Vacaflores, Ximena Suarez, Alex Quispe, Gustavo Encina, Erwin Tumiri, Angel Lu

A direção do Atlético Nacional postou em seu perfil no Twitter um comunicado se solidarizando com a delegação da Chapecoense. Confira abaixo:

atleticonacional

Notícias Relacionadas