Rei de Copas do Baralho do Crime da SSP é preso no bairro do Uruguai

Com quatro mandados de prisão em aberto por homicídios e tráfico de drogas, Josemar Silva Barbosa, o Joca do Cavalo, de 29 anos, o Rei de Copas do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública (SSP), foi preso, na quinta-feira (17).

Josemar Silva Barbosa, o Joca do Cavalo, de 29 anos. (Foto: SSP/Divulgação)
Josemar Silva Barbosa, o Joca do Cavalo, de 29 anos. (Foto: SSP/Divulgação)

Investigadores do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom) localizaram Josemar num imóvel, no bairro do Uruguai, e o conduziram à 4ª Delegacia Territorial (DT/São Caetano). Com ele, foram apreendidos uma pistola 380, munições, dois celulares, 57 trouxas de maconha e R$ 36, em espécie.

Josemar foi apresentado à imprensa, nesta sexta-feira (18), no edifício-sede da Polícia Civil, pelos delegados Giovanni Iran Nascimento, do Depom, e Nilton Tormes, titular da 4ª DT/São Caetano, que explicaram aos jornalistas os detalhes da prisão.

Entre os crimes atribuídos a Josemar está o assassinato do comerciante Jaguaraci Carvalho de Oliveira, de 52 anos, morto com diversos tiros na cabeça dentro de seu próprio estabelecimento, no Largo de Massaranduba, em 2012.

O delegado Nilton Tormes informou que o criminoso, que atua em bairros da Cidade Baixa, como Bonfim e Uruguai, já esteve preso duas vezes por homicídio. “Com a prisão dele, acreditamos poder solucionar outros assassinatos registrados naquela região de Salvador”, declarou o titular da 4ª DT.

O delegado Giovanni Iran destacou a importância de estampar o rosto de Josemar no Baralho do Crime da SSP, o que possibilitou à polícia receber informações valiosas ao longo das investigações. “Trata-se de uma ferramenta de grande importância, que permite que a população colabore conosco de forma sigilosa e segura”, avaliou.

Na 4ª DT/São Caetano, Josemar foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e posse de arma. Ele já seguiu para o Núcleo de Prisão em Flagrante do Poder Judiciário (NPF), na Avenida ACM. O material apreendido passará por exames periciais no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Notícias Relacionadas