Geddel fritou ministro Marcelo Calero, que acabou pedindo demissão.

Marcelo Calero integrava o governo Temer desde maio. Foi fritado por Geddel.
Marcelo Calero integrava o governo Temer desde maio. Foi fritado por Geddel.

O pedido de demissão de Marcelo Calero do Ministério da Cultura foi causado por uma briga com Geddel Vieira Lima. Os dois se desentenderam após Calero recusar-se a seguir uma orientação de Geddel sobre Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) da Bahia, segundo informa a coluna Radar-Online, da Veja.com.

Conhecido pela personalidade forte, o Ministro-chefe da Secretaria de Governo começou a fritar Calero em Brasília. E, como não é do meio político, Calero achou melhor deixar o cargo.

Agora, ele pretende lançar-se candidato a deputado federal nas eleições de 2018.

O novo ministro da Cultura é Roberto Freire.

Notícias Relacionadas